Revolucionando o empréstimo no Brasil
Creditas
Creditas
Crédito e empréstimo

Financiamento para reforma: entenda quando vale a pena

A linha de crédito pode ser uma boa alternativa para negociar descontos na compra de materiais de construção e contratação de serviços

Escrito por Vanessa Ferreira em 31.01.2020 | Atualizado em 02.02.2020

  • 0 Likes

O sonho de reformar um imóvel muitas vezes é barrado na etapa do orçamento. Nesse sentido, o financiamento para reforma surge como opção para garantir a obra. No entanto, existem diversas modalidades disponíveis, inclusive próprias para a compra de materiais de construção e serviços de reforma, o que pode dificultar a escolha do melhor crédito.

Pensando nisso, listamos as principais vantagens e desvantagens em financiar uma reforma e outras opções de linhas de crédito para melhorar o imóvel.

Vale a pena fazer o financiamento para reforma?

Antes de decidir por qualquer modalidade de crédito, é importante entender os motivos pelos quais o crédito é necessário, bem como se o valor mensal de pagamento caberá no orçamento da família.

Caso não seja possível arcar com os custos da reforma à vista, analise se este é realmente o melhor momento para fazer esse investimento. Por exemplo, reformas por problemas estruturais que garantam a segurança e conforto de sua família devem ser uma prioridade.

Por outro lado, o acúmulo de parcelamentos em diferentes lojas e prestadores de serviço pode gerar dívidas com taxas de juros elevadas na totalidade, culminando em um descontrole financeiro. Nesse caso, o financiamento pode ser uma boa opção para concentrar as despesas em um só lugar, o que favorece o controle do orçamento.

Em todo caso, é sempre válido pesquisar entre as diferentes modalidades de crédito e saber qual será o valor total a ser pago - o chamado CET, Custo Efetivo Total da operação. Na dúvida, simule com os agente financeiros de interesse e tire todas as suas dúvidas antes de fechar negócio.

Leia também | Crédito para construção: entenda como funciona e veja quando vale a pena

Principais vantagens e desvantagens de fazer um financiamento para reforma

Depois de investir na compra da casa própria, solicitar um financiamento para reformar o imóvel pode parecer uma decisão comprometedora. Para fazer a melhor escolha, entenda as vantagens e desvantagens desse tipo de crédito.

Vantagens:

Acesso a altos valores: ao financiar uma reforma é possível conseguir valores altos, sendo possível viabilizar toda a obra e garantir a compra de materiais de qualidade. No entanto, o valor de crédito liberado varia de acordo com o perfil financeiro do solicitante.

Melhores condições de pagamento e negociação: um financiamento para reforma proporciona taxas de juros mais baixas do que cartões de crédito ou cheque especial, por exemplo. Também permite prazos mais longos de pagamento. Além disso, ao oferecer pagamentos à vista, fica mais fácil conseguir descontos com o prestador de serviços ou lojista. 

Manter as economias e investimentos: mesmo quem tem dinheiro guardado deveria considerar financiar a reforma ou a construção para manter a reserva financeira em caso de imprevistos. Para isso, no entanto, é essencial comparar a taxa de juros do financiamento com os rendimentos das suas economias.

Leia também | 6 dicas para economizar na reforma e não extrapolar o orçamento

Desvantagens

Descontrole financeiro: caso o crédito seja solicitado sem o planejamento adequado, é possível perder o controle do orçamento e cair em uma bola de neve de endividamento. É preciso verificar o quanto as parcelas mensais irão comprometer o rendimento familiar.

Taxa de juros: dependendo da modalidade de crédito escolhida é possível arcar com taxas elevadas de juros que podem chegar a mais de 12% ao mês, enquanto em outras modalidades, como o empréstimo com garantia de imóvel, é possível conseguir taxas a partir de 0,89% ao mês. Portanto, é sempre válido pesquisar e comparar taxas e condições de empréstimo.

Limitação do uso do crédito: no financiamento, o uso do crédito liberado fica restrito aos custos com a reforma e mão de obra dos serviços. Nem todas as modalidades oferecem a opção de compra de utensílios domésticos e itens de decoração, por exemplo.

Leia também | Aluguéis em alta: 4 reparos que podem valorizar o imóvel

Conheça as linhas de financiamento para reforma

Confira abaixo quais são as linhas de financiamento para reforma e descubra como elas funcionam. Algumas podem limitar pagamentos como mãodeobra, por exemplo, já que muitos profissionais só aceitam receber em dinheiro e adiantado.

Financiamento para reforma Caixa

O Construcard é cartão da Caixa Econômica Federal exclusivo para financiamento de construção e reforma. Este produto permite financiar a compra dos materiais de construção necessários para a realização da obra.

Quem tem o empréstimo aprovado só pode realizar a compra de seus materiais de construção nas lojas credenciadas e com o cartão de débito Construcard. O lojista recebe o valor da compra à vista, mas o cliente que faz o financiamento tem até 236 meses para pagar, com taxas a partir de 2,5% ao mês.

Financiamento para reforma BB

A linha de crédito para construção do Banco do Brasil atende reforma, construção e ampliação de imóveis. Porém, é destinado apenas para correntistas, que possuem o cartão de crédito Ourocard.

O cliente tem até 180 dias para pagar a primeira parcela do financiamento e o teto de contratação chega a R$ 50 mil nos estabelecimentos conveniados para compra dos materiais necessários para a reforma, construção e até mesmo decoração do seu imóvel. As taxas de juros variam em torno de 3,7% ao mês.

Financiamento para reforma Itaú

Outro banco que tem uma linha de crédito destinado à construção é o Itaú. Conhecido como Construshop, o empréstimo está disponível apenas para correntistas do Banco Itaú com limite pré-aprovado.

O valor disponível depende da análise do crédito feito pela instituição bancária, que verifica sua renda mensal e capacidade de pagamento. Esse empréstimo pode ser pago entre 6 meses e 4 anos.

A solicitação desse empréstimo deve ser feita acompanhada do orçamento dos materiais necessários para a reforma do imóvel. Após contratado, o cliente recebe um cartão que poderá ser utilizado em todas as lojas conveniadas ao banco.

Crédito para construção Bradesco

O Bradesco possui uma linha de crédito chamada CDC Reforma de Imóveis. O empréstimo é destinado para o financiamento de até 70% do valor total da reforma, podendo ser parcelado em até 48 vezes pelo cliente. Essa linha de crédito também pode ser utilizada para instalação de reúso de água.

Crédito para construção Santander

O Construção Fácil é o empréstimo para construir oferecido pelo Santander. Esta linha de crédito é exclusiva para pessoa física, e pode ser utilizada para financiar até 100% da obra, considerando a soma de todas as fases. Para contratar o financiamento, não é necessário apresentar percentual da obra iniciado.

Este produto é exclusivo para clientes Van Gogh do Santander. O valor mínimo de financiamento é de R$ 20 mil, e o valor mínimo do imóvel pronto deve ser avaliado em pelo menos R$ 40 mil.

Após a conclusão da obra, o FGTS pode ser utilizado para amortização do financiamento, em caso de imóveis avaliados em até R$ 500 mil.

Cartões de crédito em loja de construção

Algumas lojas de materiais de construção fazem parcerias com instituições financeiras e dessa forma conseguem oferecer cartões de crédito private label (com marca da própria loja). As condições de pagamento são mais flexíveis porque permitem longos prazos de parcelamento e juros baixos.

As propostas são tentadoras, principalmente na hora de fechar a compra no caixa. Porém, antes de contratar, é importante fazer uma avaliação da saúde financeira. Adquirir um novo cartão de crédito pode ser uma porta de entrada para o descontrole financeiro e o endividamento.

O Cartão Celebre, da rede Leroy Merlin, oferece até 24 meses para pagar a juros de 1,99% ao mês. O Cartão Telhanorte também proporciona 24 meses para pagar, juros de 2,99% e uma série de descontos nas lojas. Por fim, há o CredCompras, meio de pagamento da C&C, exclusivo às pessoas jurídicas.

Estes cartões também podem ser utilizados normalmente para compras em outros estabelecimentos. No momento da solicitação, se informe nas lojas sobre as taxas de juros do rotativo e existência de anuidade.

Opções de empréstimo para reforma

Os empréstimos se diferenciam das linhas já citadas, pois permitem a contratação de serviços, além de materiais de construção. O cliente recebe o dinheiro e pode arcar com os custos da obra e com itens de decoração e utensílios domésticos, por exemplo.

Com tantas opções de empréstimo no mercado, pode ser difícil escolher a que melhor se adapta a sua necessidade e orçamento. Confira, a seguir, três modalidades de crédito que podem ser usadas para reformar e que oferecem condições vantajosas:

Empréstimo com garantia de imóvel

O empréstimo com garantia em imóveis - ou home equity - é uma das modalidades de crédito mais vantajosas no mercado, por dispor as menores taxas de juros. Para se ter uma ideia, a Creditas oferece o empréstimo com taxa a partir de 0,89% ao mês.

Isso é possível porque o cliente coloca um imóvel como garantia de pagamento da dívida, tornando o risco de inadimplência menor. Em geral, o valor a ser emprestado pode ser de até 60% do valor do imóvel.

Leia também | Empréstimo com garantia: tudo o que você precisa saber

Empréstimo com garantia de veículo

Também é possível oferecer um veículo como garantia do empréstimo.  A concessão de crédito do empréstimo com garantia de automóvel é bem parecida com a de imóvel - e o prazo para pagamento pode chegar até a 60 meses. Na Creditas, as taxas iniciam em 1,59% ao mês.

Empréstimo consignado

Não é raro aposentados e pensionistas do INSS conhecerem o crédito consignado. O que muita gente não sabe, porém, é que essa modalidade também está disponível para funcionários de empresas privadas, contratados no regime CLT.

O consignado funciona da seguinte maneira: ao contratar a modalidade, as parcelas do empréstimo são descontadas automaticamente do salário ou benefício. Por esse motivo, trata-se de uma das linhas de crédito mais atrativas do mercado, já que oferecem uma das menores taxas de juros - por diminuir o risco da inadimplência, assim como possibilita bons prazos de pagamento. A Creditas oferece o empréstimo consignado privado com taxas a partir de 1,29% ao mês.

E então, já está pronto para planejar a sua obra e realizar o sonho da casa própria? Compartilhe a sua opinião com a gente nos comentários.

https://youtu.be/XcNsa1lWOdE

Receba conteúdos exclusivos
Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.
Carregando...
  • 0 Likes
Vanessa Ferreira

Escrito por Vanessa Ferreira

Jornalista e apaixonada por marketing de conteúdo. Acredita no poder da informação para a disseminação de saúde financeira.

Comentários [0]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentário enviado com sucesso!
Erro ao enviar comentário. Por favor, tente novamente.
Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010