• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis
    • Reforma
    • Venda
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos

    Empresas

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Tudo sobre Crédito

Tudo sobre Crédito

Empréstimo na conta de luz: o que é e como fazer

Conheça as características do empréstimo debitado na conta de luz e saiba se vale a pena recorrer a essa modalidade na hora de tomar dinheiro emprestado

por Elaine Ortiz

Atualizado em 29 de novembro, 2021

Você já ouviu falar sobre empréstimo na conta de luz? Quem precisa de dinheiro emprestado de maneira rápida pode contar com este tipo de crédito. 13

Conhecida como empréstimo pessoal alternativo (ou alternative lending), a modalidade é destinada especialmente às pessoas que possuem dificuldade de acesso ao crédito — como acontece com os consumidores negativados, que representam cerca de 50% da população do país.

Saiba tudo sobre empréstimo na conta de luz, descubra se vale a pena contratar esse tipo de crédito e conheça outras alternativas.

O que é empréstimo na conta de luz?

Desde 2019, existe no mercado a possibilidade de se fazer um empréstimo com débito em conta de consumo. 

Isso quer dizer que as parcelas do empréstimo serão pagas mensalmente por meio da fatura da sua conta de luz. Dessa forma, o valor da parcela do empréstimo será somado ao consumo de energia da sua residência no mês.

Por exemplo: se você normalmente gasta 60 reais de luz e fez um empréstimo que totalizou 1 000 reais (já com os juros e taxas inclusas) para pagar em 10 parcelas de 100 reais, quer dizer que durante dez meses sua fatura será de 160 reais (60 reais de consumo de energia + 100 reais referente ao dinheiro emprestado).  

É importante ressaltar que a parcela máxima do empréstimo é, normalmente, limitada a duas vezes o valor médio da conta de energia elétrica. Isso ajuda a minimizar a possibilidade de inadimplência. 

Leia tambémDescubra como conseguir empréstimo negativado

Fazer empréstimo com desconto na conta de luz vale a pena?

Para saber se é vantajoso apostar em um empréstimo na conta de luz, o primeiro cuidado que você deve ter é entender muito bem quais tarifas serão cobradas antes de fechar negócio. 

Mesmo os juros sendo mais atrativos dos que os oferecidos em empréstimo pessoal, cheque especial ou rotativo do cartão de crédito, é importante calcular corretamente se as parcelas cabem no seu bolso. Além disso, é essencial descobrir o preço final do seu empréstimo (considerando todas as taxas aplicadas) e, então, avaliar se realmente é um bom negócio para você. 

Pode ser vantajoso quando se busca um valor não muito alto (até 3 000 reais), que seja liberado rapidamente em sua conta corrente. Para quem está com o nome sujo e precisa de dinheiro para quitar alguma dívida, também pode ser uma opção interessante. 

O importante é não esquecer que por um bom tempo a sua conta de consumo ficará muito mais cara do que você estava acostumado a pagar. Caso a utilização da energia na sua casa aumente ou o preço suba por algum motivo imprevisível, isso também impactará no seu gasto mensal. 

No mercado existem outras opções para quem precisa de dinheiro rapidamente, sem burocracia e com juros mais baixos. A Creditas, principal plataforma online de empréstimo com garantia do Brasil, oferece algumas dessas alternativas. 

Na Creditas, é possível contratar três tipos de empréstimo com garantia: o refinanciamento de imóvel, refinanciamento de veículo e empréstimo consignado, que utiliza o próprio salário do solicitante para assegurar o pagamento da operação. Como o risco de inadimplência é reduzido, a fintech consegue diminuir as taxas de juros, aumentar os prazos para pagamento e oferecer uma opção de crédito mais saudável. 

Se quiser, é possível fazer uma simulação de empréstimo agora mesmo.

Como funciona o empréstimo em conta de luz?

Agora que você já sabe o que é essa modalidade de empréstimo, deve estar se perguntando: “como funciona o empréstimo na conta de luz”?

A primeira informação que você deve ter é que, mesmo sendo destinada a um público com renda menor, essa linha de crédito exige que o tomador tenha uma conta bancária. Isso porque o dinheiro emprestado é depositado na conta do titular. 

Cada empresa que realiza esse tipo de empréstimo em conta de consumo apresenta um limite de valor diferente para emprestar. Mas, geralmente, a quantia oferecida parte de 500 reais e pode chegar até 2500 reais. O prazo para pagamento é de três a 18 meses. 

Para conseguir contratar o empréstimo na conta de luz é necessário ter mais de 21 anos e menos de 79 anos e estar com as contas de consumo em dia. Quem estiver com atraso nas faturas precisa regularizar a situação antes de solicitar o crédito. 

Outro ponto de atenção é a localização da residência, pois o empréstimo na conta de luz ainda não é realizado em todo o território brasileiro. Mas se você mora em São Paulo, no Rio de Janeiro, no Ceará, em Goiás ou no Rio Grande do Sul, essa é uma possibilidade. 

Outros estados podem, em breve, disponibilizar essa modalidade de empréstimo e não somente em conta de luz, como também nas faturas de telefone e de água. Algumas empresas especializadas em empréstimo com débito de consumo já estão estudando a possibilidade de ampliar a atuação com  concessionárias desses serviços. 

Como fazer empréstimo na conta de luz? 

Para contratar um empréstimo descontado na conta de luz é necessário separar: carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante bancário e comprovante de residência de até dois meses. 

O processo para formalizar o contrato de empréstimo é online. Após separar os documentos, é necessário fazer o cadastro completo no site da empresa que você escolher. O perfil do solicitante será analisado e se o crédito for aprovado, o cliente poderá receber o dinheiro emprestado na conta bancária em até 24 horas. 

A taxa de juros é calculada de acordo com o perfil de crédito, consultado nos birôs de crédito, como Serasa e SPC. Mas, mesmo quem estiver com o nome sujo ou tiver um score baixo pode conseguir empréstimo pela conta de luz.

Outra informação importante é que se você já contratou um empréstimo por conta de luz, só poderá fazer um novo empréstimo nessa modalidade após quitar o primeiro. 

O que é preciso para solicitar empréstimo na conta de energia elétrica?

Para solicitar seu empréstimo é importante ficar atento aos seguintes requisitos:

  • Verificar se a concessionária que atende sua região oferece empréstimo;
  • Ter mais de 21 anos;
  • Ter conta em algum banco;
  • Ser o titular da conta de luz;
  • Estar com as faturas em dia.

Onde fazer empréstimo na conta de luz ?

Como explicamos anteriormente, o empréstimo na conta de luz ainda não está disponível em todo o território brasileiro. E para ter acesso a ele é necessário entrar em contato com empresas financeiras que oferecem esse tipo de serviço. 

Essas empresas financeiras são parceiras das concessionárias, como CPFL, Celesc e Enel X,  que fornecem eletricidade para sua casa. Dessa forma, não é a concessionária que realiza o empréstimo, mas sim a financeira. 

Algumas das empresas que oferecem empréstimo em conta de luz mais conhecidas são Piki, Consiga Cred, PlanCredi e MetaSimples.  As taxas de juros e o Custo Efetivo Total são informados quando o cliente demonstra interesse na contratação. 

Gostou de entender como funciona empréstimo na conta de luz e  conhecer outras possibilidades de crédito? Se tiver alguma dúvida sobre o assunto, basta perguntar para a gente nos comentários. 

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Meu negócio

Como fazer declaração do MEI: passo a passo

4 minutos de leitura