• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis
    • Reforma
    • Venda
    • Troca
    • Loja de imóveis
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Store

    Store

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Empresas

    Empresas

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Tudo sobre Crédito

Tudo sobre Crédito

Descubra como quitar o empréstimo consignado de forma antecipada

Também chamada de liquidação antecipada, a prática pode reduzir significativamente os juros do empréstimo. Entenda quando vale a pena optar pelo recurso

por Vanessa Ferreira

Atualizado em 11 de fevereiro, 2021

Antecipar a quitação de um empréstimo consignado pode trazer um grande alívio financeiro e é um direito assegurado pelo Código de Defesa do Consumidor. No entanto, é preciso avaliar a opção com cautela, a fim de evitar um possível desequilíbrio financeiro.

A seguir, saiba como quitar esse débito e em que casos a estratégia é mais recomendada.

Alternativas para quitar o empréstimo consignado

Além de aguardar o fim dos descontos das parcelas de empréstimo consignado diretamente do salário ou benefício do INSS, também existe a possibilidade de realizar a liquidação antecipada da dívida ou a portabilidade de crédito. A seguir, entenda cada uma delas:

Liquidação antecipada do empréstimo consignado

A antecipação de pagamento é um direito, assegurado pelo Código de Defesa do Consumidor, em qualquer modalidade de crédito, incluindo o empréstimo consignado privado, INSS ou público. Portanto, nenhum tipo de taxa adicional pode ser cobrada por isso.

Ao optar por esta opção, o consumidor antecipa o pagamento das parcelas do empréstimo antes do prazo estipulado em contrato. A maior vantagem disso é a redução da taxa de juros, visto que o agente financeiro precisa descontar os juros das parcelas que ainda iriam vencer. 

A liquidação antecipada pode ser feita de duas formas:

  • Quitação parcial: situação em que o consumidor opta pagar mais de uma parcela do empréstimo de uma vez. Nesse caso, o abatimento de juros é calculado de acordo com a parcela antecipada.
  • Quitação integral: situação em que o beneficiário decide saldar todas as parcelas de uma só vez. Nesse caso, os juros e encargos são abatidos das parcelas restantes.

Outra vantagem de optar pelo pagamento antecipado, mesmo que só algumas parcelas, é a possibilidade de melhorar o relacionamento com o agente financeiro, já que a ação indica menor risco de inadimplência. Além disso, no empréstimo consignado, a antecipação garante a liberação da margem consignável caso seja necessário contratar um novo crédito no futuro.

Leia também: Como quitar dívidas e conquistar independência financeira

Como antecipar o empréstimo consignado?

Para realizar o procedimento basta entrar em contato com o agente financeiro responsável pelo contrato de empréstimo consignado e consultar o saldo devedor da dívida. O documento deve oferecer informações importantes sobre o contrato:

  • Número do contrato
  • Saldo devedor atualizado
  • Demonstrativo da evolução do saldo devedor
  • Modalidade de crédito contratada
  • Taxa de juros anual (nominal e efetiva)
  • Valor de cada parcela
  • Prazo total e remanescente
  • Saldo com o abatimento da taxa de juro

Com o valor da antecipação em mãos, o próximo passo é solicitar o boleto para pagamento ao agente financeiro. Após a quitação da dívida, as parcelas deixam de ser descontadas na folha de pagamento, contracheque ou benefício INSS. O processo dura, em média, de 3 a 5 dias úteis.

Portabilidade de empréstimo consignado

Outra alternativa para melhorar a taxa de juros e demais condições do empréstimo consignado é a portabilidade de crédito, operação em que o consumidor transfere a dívida para outro agente financeiro com condições melhores. O recurso pode ser solicitado por aposentados, pensionistas, funcionários públicos e privados. 

Para garantir o benefício é necessário que o novo agente financeiro escolhido possua convênio com a entidade pela qual você recebe o benefício ou salário.

Como solicitar a portabilidade?

Para solicitar a portabilidade de crédito o consumidor deve entrar em contato com o agente financeiro em que possui o contrato de empréstimo consignado e solicitar o extrato com o saldo devedor para quitação antecipada da dívida, como no exemplo anterior. 

Com esses dados em mãos, o contratante pode comparar as condições com o novo agente financeiro e entender se a troca realmente vale a pena. Após a solicitação e aprovação do novo crédito, o agente financeiro escolhido realiza o pagamento do débito e assume o novo crédito.

Como quitar empréstimo consignado do INSS?

Aposentados e pensionistas do INSS também têm direito de realizar a quitação antecipada do consignado e usufruir do abatimento da taxa de juros. Para isso, é importante consultar o saldo devedor por meio do extrato de empréstimo consignado disponibilizado pelo INSS. 

É possível consultar o extrato nas agências físicas ou pelo site do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e também pelo aplicativo “Meu INSS”. O beneficiário também pode recorrer aos canais de atendimento do agente financeiro responsável pela emissão do contrato de empréstimo consignado.

De acordo com a lei, o agente financeiro deve emitir, em até 5 dias úteis, boleto ou documento de pagamento detalhado, quando o beneficiário quiser quitar antecipadamente suas operações de empréstimo. O boleto ou documento de pagamento informará o valor total do empréstimo, o desconto para o pagamento antecipado e o valor líquido a pagar. 

Leia também | Tenho um empréstimo consignado e fui demitido. E agora?

Em quais casos a quitação antecipada é recomendada?

A quitação antecipada é recomendada para quem conseguiu poupar o valor necessário ou está com dinheiro extra para pagamento parcial ou total da dívida, desde que não prejudique outros pagamentos do orçamento pessoal ou familiar. Também é indicada para quem deseja liberar o limite de crédito e margem consignável. 

Quem não tem o recurso financeiro disponível mas, ainda assim, deseja reduzir o valor das parcelas pagas mensalmente, pode avaliar a possibilidade de fazer um refinanciamento. 

Leia também: Saiba como renegociar seu empréstimo consignado

No refinanciamento do empréstimo consignado, o contrato atual é negociado novamente, no mesmo agente financeiro, geralmente estendendo o prazo para pagamento da dívida original. A operação pode liberar um troco, que é como um novo empréstimo, para quem precisa de crédito.

Por outro lado, a quitação antecipada do empréstimo não é recomendada se o valor pago à vista desequilibrar o orçamento. Não vale a pena criar uma nova dívida sem necessidade, apenas para quitar um contrato em andamento. Essa opção também não se mostra tão vantajosa quando o contrato já está próximo de ser quitado, pois os juros abatidos serão mínimos.

Lembre-se também que os juros do empréstimo consignado costumam ser mais baratos. Por isso, não desanime se não conseguir antecipar o pagamento das prestações. Afinal, os valores continuam compensando mais do que outros tipos de empréstimo existentes no mercado.

Leia também | O que é empréstimo consignado? Entenda como esse crédito funciona

Como calcular desconto para quitar empréstimo consignado

O cálculo de quitação do empréstimo consignado é feito com base nas parcelas que ainda faltam para quitar o contrato atual, porém, sem a cobrança dos juros futuros. Dessa forma, os descontos serão proporcionais ao prazo e juros cobrados.

Vale lembrar que não há devolução dos juros que já foram pagos no empréstimo consignado. O que ocorre é que a dívida é trazida ao momento presente, logo isentando a cobrança dos juros e encargos futuros.

Você tem mais dúvidas sobre esse assunto? Conte para a gente nos comentários.

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Meu negócio

Custo fixo e variável: o que são e como calcular no seu negócio

3 minutos de leitura