• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis

    • Reforma
    • Venda
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos

    Empresas

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Atração e Retenção
  • Benefícios flexíveis
  • Employer branding
  • Educação financeira
  • Departamento pessoal
  • Na mídia
  1. Home

  2. Departamento pessoal

Departamento pessoal

Inovação no RH: saiba o que é como implementar

A inovação no RH tornou-se essencial nos últimos anos e representa o alinhamento da empresa com a novas tendências do mercado – especialmente para atração e retenção de talentos.

por Redação @Work

Atualizado em 8 de junho, 2022

Quer saber tudo sobre inovação no RH? Então veio ao lugar certo! Nesta matéria, vamos explicar o que é esse conceito na prática e como implementar em sua empresa. Confira!

Inovação no RH é um conceito que vem sendo discutido já há algum tempo, mas muitas pessoas podem ainda ter dúvidas sobre a sua aplicação prática, já que não se trata somente de implementar tecnologias para facilitar a gestão – que, cabe lembrar, tem papel fundamental nessa metodologia –, mas também envolve também mudanças comportamentais e na visão dessa área tão vital de uma empresa.

Nesse sentido, é preciso estabelecer uma equipe diversa, com diferentes escopos e habilidades, que possam suprir as necessidades dos colaboradores de forma satisfatória e contribuir para o crescimento e fortalecimento da organização.

Para facilitar sua jornada nesse universo, confira os principais tópicos desta matéria:

  • Papel do RH: dos bastidores ao protagonismo
  • Como a empresa pode investir em inovação no RH?
  • RH inovador e Benefícios Flexíveis

Papel do RH: dos bastidores ao protagonismo

Antigamente, os funcionários não tinham um contato tão próximo com o RH, que muitas vezes se resumia a rotina de contratação, desligamento ou pagamentos, e praticamente não haviam ações voltadas para o bem-estar e retenção de talentos. Porém, com as novas necessidades corporativas, a concorrência entre empresas por profissionais qualificados fez com que a área de recursos humanos desenvolvesse novas rotinas para a trajetória do colaborador dentro da organização.

É cada vez mais comum que o RH seja protagonista de ações que têm impacto direto no clima organizacional, no desenvolvimento do colaborador e na consolidação da empresa como marca empregadora.

Mediador entre empresa e colaborador

Historicamente, o RH era uma área que servia exclusivamente para atender as demandas da organização e eram acionados para cumprir resultados em um só lado da relação corporativa. Hoje, porém, a área de recursos humanos atua de forma proativa, agindo de acordo com os objetivos da empresa – e os conhecendo profundamente –, porém atuando como um regulador para que essas metas não subjuguem o bem-estar e o desenvolvimento do colaborador.

Dessa forma, a área tornou-se agente dos resultados alcançados, e não apenas um apoio ao processo. Ao mediar a relação entre empregador e empregado, norteia as iniciativas para melhorar a produtividade das equipes e promove o equilíbrio entre os interesses de ambas as partes de forma autônoma.

RH como catalisador de talentos

Outra função importante da área de recursos humanos dentro da perspectiva da inovação é oferecer apoio e ferramentas essenciais para desenvolver as competências dos colaboradores, tanto para o usufruto da empresa quanto para suas próprias carreiras. E nesse sentido, oferecem segurança e conhecimento para que os funcionários possam ser protagonistas da própria trajetória, podendo escolher possíveis caminhos dentro da organização, além de disponibilizar apoio técnico e emocional para uma possível mudança de rota antes que o profissional se sinta infeliz e desmotivado em suas atividades.

Ações como essa, claro, também retornam para organização com colaboradores mais motivados, seguros e menos propensos a sair, impactando positivamente as taxas de turnover e retenção de talentos.

Como a empresa pode investir em inovação no RH?

Além de estarem totalmente sintonizados com os valores e a missão da empresa e suas metas de curto, médio e longo prazos, é fundamental que a equipe de RH consiga aliar estratégia de negócio, tecnologia e, o mais importante, humanização de processos – afinal, essa é a essência da área e deve estar presente em cada passo dado pela organização. A seguir, você vai conferir 10 dicas para implementar a metodologia da inovação em recursos humanos. Acompanhe!

1. Conexão com o propósito

Este é o primeiro e fundamental passo para estruturar a renovação da gestão de pessoas dentro de uma empresa. Como já abordamos nos tópicos anteriores, a equipe de RH deve estar conectada com os pilares da empresa e seus objetivos, que vão nortear as estratégias dentro de sua atuação.

Todas as iniciativas, desde a seleção de candidatos até o possível desligamento, além de toda o acompanhamento do colaborador durante sua jornada, devem estar alinhadas com as metas que a empresa deseja atingir.

2. Olho no futuro

Capacitar os colaboradores para que eles estejam preparados para contribuir com os objetivos é sim papel da empresa, especialmente da equipe de RH. Mais do que preencher possíveis lacunas técnicas, é fundamental que ele se desenvolva junto com a organização para que consiga cumprir o que se espera dele no futuro.

3. Independência e proatividade como guias

O RH é o ponto de equilíbrio entre empresa e colaborador – e para exercer essa função, é necessário que tenha abertura para agir de forma autônoma e assim buscar as melhores práticas, visando os resultados da empresa em harmonia com as necessidades dos funcionários.

4. Atualização e aprendizado

Os avanços na gestão de pessoas estão cada vez mais acelerados e trouxeram mudanças importantes nos últimos anos, especialmente no cenário pós covid 19. Nesse sentido, a equipe de RH deve estar sempre antenada às novas tendências e aos treinamentos, palestras, workshops e outros recursos para modernizar a área.

5. Investimento em tecnologia

A área de RH deve estar atualizada em relação ao desenvolvimento de novas soluções, plataformas, ferramentas para recrutamento e seleção, treinamentos e recursos para o desenvolvimento dos colaboradores, além de criar formas de realizar os processos de forma otimizada.

6. RH mais humano

Não é à toa que a letra “H” está presente na nomenclatura da área. Isso significa que é fundamental que a gestão de pessoas tenha em mente, em primeiro lugar, a humanização dos processos, tornando o ambiente de trabalho mais saudável, colaborativo e empático para todos.

7. Relacionamento

Promover relações produtivas com os funcionários e estimular a colaboração entre pares, líderes e equipes é um dos importantes papéis do RH inovador. Além disso, é essencial conhecer os perfis dos colaboradores e suas formas de trabalhar, de modo a extrair a melhor produtividade de todos.

8. Cultura de aprendizado

O RH é responsável por promover ações que incentivem os colaboradores a buscarem o conhecimento e desenvolverem suas habilidades, sejam elas relativas ao trabalho ou sua vida no geral. Estimular a curiosidade, a busca por respostas e o interesse em aprender possibilita ganhos para todos e mais facilidade na resolução de problemas.

9. Atuação personalizada

A equipe de gestão de pessoas deve promover ações diferentes para cada área ou equipe, já que cada uma delas possui perfis, estrutura e desafios próprios - e isso deve ser levado em consideração no momento de implementar processos para os times.

10. Indicadores

O acompanhamento e medição dos resultados são fundamentais para nortear os processos do RH e tornar os objetivos mais claros para os colaboradores e lideranças. Além disso, as métricas facilitam a demonstração dos resultados de forma mais concreta.

RH inovador e Benefícios Flexíveis

Os benefícios flexíveis são um dos recursos essenciais para investir em uma gestão de pessoas eficiente e satisfatória para a equipe de RH, colaboradores e a empresa. A seguir, veja a opinião de Neivia Justa, líder de Comunicação, Cultura, Diversidade, Equidade, Inclusão e Pertencimento e Top Voice no LinkedIN. Confira!

Este conteúdo ajudou você a entender mais sobre inovação no RH e como você pode desenvolver essa prática em sua empresa? Saiba que o RH Estratégico tem tudo que você precisa para otimizar processos e alcançar melhores resultados em sua gestão de recursos humanos. Continue acompanhando!

Newsletter

RH Estratégico

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Benefícios flexíveis

Cartão premiação: o que é e como utilizar