• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis

    • Reforma
    • Venda
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos

    Empresas

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Atração e Retenção
  • Benefícios flexíveis
  • Employer branding
  • Educação financeira
  • Departamento pessoal
  • Na mídia
  1. Home

  2. Benefícios flexíveis

Benefícios flexíveis

Guia dos benefícios flexíveis: passo a passo para implementar

Entenda também as vantagens e como esse pode ser um recurso poderoso de atração de talentos.

por Redação @Work

Atualizado em 26 de maio, 2022

Quer conhecer mais sobre benefícios flexíveis? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, você encontra tudo sobre esses importantes benefícios que vêm ocupando um lugar de destaque na atração e retenção de talentos.

Essa importância se deve a uma relação cada vez mais estreita entre a experiência e bem-estar do trabalhador e a produtividade da empresa, que se acentuou significativamente nos últimos anos.

Se você quer saber mais sobre eles e entender o seu impacto no desempenho de seus colaboradores, continue acompanhando este artigo!

O que são benefícios flexíveis? 

Todas as vantagens financeiras oferecidas aos funcionários além do salário e demais direitos trabalhistas, como o 13° salário e as férias, podem ser consideradas como benefício. Presente no Brasil desde a década de 1990, essa tendência se intensificou significativamente nos últimos cinco anos e tornou-se um grande diferencial para atração e retenção de talentos – muitas vezes, tão ou mais valorizado quanto o  próprio salário.

De acordo com uma pesquisa global realizada pelo LinkedIn, 48% dos entrevistados disseram que sua empresa precisa investir nos benefícios que oferece. Isso revela que os profissionais estão atentos a isso e levam esse fator em consideração quando buscam uma vaga. Por essa razão, as organizações passaram a investir em novas possibilidades de benefícios, que vão muito além dos tradicionais vale-refeição e vale-transporte, para se tornarem mais atrativas no mercado. Veja alguns exemplos:

  • auxílio-alimentação;
  • auxílio-creche;
  • auxílio-combustível;
  • auxílio-cultural;
  • educação financeira;
  • cartão de viagem;
  • custeio de atividades de lazer;
  • custeio de academia, dança, artes marciais e outras atividades físicas;
  • custeio de educação;
  • empréstimo consignado;
  • cartão de benefícios;
  • descontos em produtos e serviços;
  • plano de saúde;
  • plano odontológico;
  • seguro de vida.

Oferecer um pacote de benefícios completo – e que possibilite liberdade de escolha a partir de um modelo flexível – traz um retorno rápido e eficiente para problemas críticos de qualquer empresa, como a dificuldade de contratação e a alta rotatividade de colaboradores. No próximo tópico, vamos explicar melhor essa relação. Continue acompanhando!

Quais são os impactos dos benefícios flexíveis?

No cenário de incertezas que se desenhou recentemente por conta da pandemia, ficou evidente a relação entre bem-estar pessoal e a produtividade do colaborador – e nesse aspecto, os problemas financeiros foram especialmente críticos e afetaram significativamente a qualidade de vida do trabalhador, que muitas vezes precisou duplicar sua jornada para aumentar seus rendimentos e sentiu na pele o desgaste e esgotamento físico e mental desse processo.

De acordo com o estudo The Employer’s Guide to Financial Wellbeing 2018-19”, o estresse financeiro reduz em até 15% a produtividade no trabalho – e nesse sentido, o empregador deve estabelecer ativamente algumas iniciativas para amenizar esse impacto, não apenas pelo cuidado com os colaboradores, mas também para manter suas operações em um ritmo saudável e que promova seu crescimento.

Diante disso, fica claro que o mercado e os profissionais esperam que as empresas proponham de forma ativa iniciativas de bem-estar financeiro, um pilar fundamental dos benefícios flexíveis. De acordo com a pesquisa da Creditas com funcionários CLT no Brasil, realizada em 2021, 90% dos colaboradores entrevistados acreditam que a empresa deveria ter um papel efetivo na educação financeira de sua equipe, demonstrando que existe uma expectativa de parceria entre empresa e colaboradores nesse quesito.

Baixe agora: Guia completo sobre educação financeira nas empresas

Nesse contexto, percebemos que os benefícios flexíveis representam um investimento eficaz em todos os sentidos, possibilitando que o colaborador conte com um aporte financeiro extra em seu orçamento, se eduque para fazer melhores escolhas com seu dinheiro e possa reorganizar esse aspecto tão importante da sua vida – e tudo isso reflete, de forma direta, em seu desempenho no dia a dia do trabalho. Veja todas as vantagens!

Vantagens para o colaborador

  • Alívio financeiro para despesas com alimentação, transporte, saúde, atividades físicas e lazer;
  • Melhor capacidade de organização e concentração;
  • Maior possibilidade de investir em educação e desenvolvimento profissional;
  • Melhoria da saúde mental;
  • Maior controle financeiro;
  • Aumento da satisfação pessoal e autoestima do colaborador.

Vantagens para a empresa

  • Redução de absenteísmo e presenteísmo;
  • Maior engajamento e senso de pertencimento dos colaboradores;
  • Marca empregadora fortalecida;
  • Vagas mais atrativas;
  • Colaboradores mais leais e assíduos;
  • Melhoria da produtividade e, consequentemente, dos resultados e da lucratividade.

Como implementar os benefícios flexíveis em sua empresa

Implementar os benefícios flexíveis é, na verdade, a última etapa de um processo que consiste em entender a fundo todo o cenário em que a empresa está inserida. Antes disso, é preciso avaliar alguns fatores importantes para que a estratégia se mantenha sustentável ao longo do tempo e efetivamente responda às expectativas dos colaboradores. Vamos explicar cada um deles a seguir.

Avalie o alcance da empresa

O momento atual da empresa, considerando o escopo financeiro e solidez no mercado, comporta a implantação de benefícios flexíveis? Quais deles estão alinhados à cultura organizacional e as particularidades do negócio? Eles são factíveis e não comprometerão o orçamento? A partir dessa análise, já é possível planejar e seguir com as próximas etapas da implementação.

Entenda a necessidade do colaborador

Esse processo deve priorizar benefícios que façam real diferença no dia a dia dos colaboradores e isso deve ser considerado na escolha dos pacotes. Lembre-se de que implantá-los “de fachada” é uma estratégia infrutífera a longo prazo e ainda pode impactar negativamente a percepção de sua empresa no mercado.

Abra o diálogo com os funcionários por meio de pesquisas para saber quais são suas prioridades.

Envolva as áreas chave

De modo geral, além da equipe de Recursos Humanos, outras áreas devem ser envolvidas na implementação, como o financeiro e jurídico, para avaliar qual será o impacto da iniciativa nas finanças da empresa e seus aspectos legais.

Comunique a equipe

Esse projeto deve ser bastante transparente e a comunicação realizada com clareza para os colaboradores, já que todo o processo é de seu interesse. Escolha representantes de cada área para participar mais ativamente da implementação e levar possíveis dúvidas que podem surgir.

Analise os resultados

Após a implantação dos benefícios flexíveis, é importante avaliar os impactos da iniciativa para a empresa e colaboradores. Nesse sentido, vale fazer um estudo sobre a inclusão de novos benefícios ou se eles podem sofrer ajustes para atender melhor às necessidades.

Como escolher uma empresa de benefícios flexíveis?

Empresas de benefícios flexíveis podem ser um excelente recurso para facilitar a implantação, já que centralizam diversos serviços através de uma única plataforma – uma ajuda e tanto para a gestão de RH.

Antes de contratar um fornecedor, procure saber a opinião do mercado e de clientes atendidos, busque cases de sucesso, confira a abrangência dos serviços e se a empresa disponibiliza uma boa experiência tanto para a equipe de Recursos Humanos quanto para os colaboradores.

A plataforma da Creditas @Work conta com uma variedade de benefícios flexíveis que auxilia na solução de problemas financeiros dos funcionários, como cartão de benefícios, empréstimo consignado com as melhores taxas de juros, antecipação de salário, previdência privada e programa de educação financeira, otimizando a rotina do RH e oferecendo soluções que fazem toda a diferença para o colaborador.

Quer saber mais sobre os benefícios flexíveis e como eles podem ajudar sua empresa a melhorar sua produtividade? Baixe nosso guia completo sobre o tema!

Se o conteúdo desta matéria faz diferença para seus próximos projetos, saiba que o RH Estratégico tem tudo que você precisa para otimizar processos e alcançar melhores resultados.

Newsletter

RH Estratégico

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Departamento pessoal

Diversidade no trabalho: o que é e qual a sua importância