Revolucionando o empréstimo no Brasil
Creditas
Creditas
Crédito e empréstimo

Como funciona o Refinanciamento de veículos BV Financeira

O refinanciamento de veículo da BV Financeira é uma das alternativas disponíveis para quem procura crédito. Entenda como funciona esta opção em comparação a outras ofertas

Escrito por Flávia Marques em 01.02.2017 | Atualizado em 21.02.2020

  • 0 Likes

Para o consumidor que busca uma linha de crédito com garantia, o refinanciamento de veículo da BV Financeira é uma das alternativas disponíveis no mercado. Mas, para saber se as condições de pagamento oferecidas pela instituição são realmente interessantes, é preciso fazer uma avaliação cautelosa.  

De modo geral, o processo de refinanciamento de veículo costuma ser parecido em diferentes instituições financeiras. Por outro lado, as taxas de juros e prazo para pagamento apresentam variações importantes entre uma empresa e outra. 

Pensando nisso, o Exponencial explica abaixo como funciona o refinanciamento de veículo na BV Financeira e mostra um comparativo  com outras ofertas disponíveis no mercado. Confira.

Refinanciamento de veículo BV Financeira: como funciona 

Em linha com a prática de mercado, o refinanciamento de veículo da BV Financeira pode ser contratado por qualquer pessoa com mais de 18 anos que possua em seu nome um automóvel quitado. 

Além disso, na instituição, é possível refinanciar veículos novos ou usados, desde que sejam avaliados pela empresa como uma propriedade em bom estado. São aceitos veículos leves e pesados com até 19 anos ou utilitários com até oito anos. 

O prazo máximo para pagamento do empréstimo é de quatro anos, e o tomador pode conseguir até 80% do valor de avaliação do veículo. Assim como outras instituições que oferecem refinanciamento de veículo, a BV estabelece um limite para o valor das parcelas, que podem comprometer até 30% da renda bruta do cliente. De acordo com dados disponibilizados no site da empresa, as taxas de juros podem variar entre 1,49% e 3,47% ao mês. 

Como contratar 

O processo de contratação também é semelhante ao praticado por outras empresas que trabalham com esta modalidade. Antes de contratar o crédito, o interessado precisa fazer uma simulação, que pode ser realizada no site oficial da instituição financeira ou em lojas físicas. 

O próximo passo é apresentar alguns documentos que serão encaminhados à análise de crédito e da garantia. Nesta etapa, são definidas as taxas praticadas na operação e o valor exato do empréstimo. 

Em seguida, o cliente deve pagar a Tarifa de Avaliação de Bens, no valor de 435 reais. A taxa é cobrada pela BV Financeira como condição para que a instituição analise o veículo. Por fim, com o crédito aprovado, o tomador assina o contrato e recebe o dinheiro. 

Documentos necessários 

Para contratar o refinanciamento de veículo da BV Financeira, é preciso que o cliente apresente RG, CPF, CNH, comprovante de renda e comprovante de residência originais para que o pedido de empréstimo seja encaminhado à etapa de análise de crédito. 

Depois, para que o dinheiro seja liberado, são exigidos os documentos do veículo. Para os usados, é preciso apresentar o DUT (Documento Único de Transferência) e, para os carros novos, a nota fiscal ou declaração de faturamento do automóvel. 

Leia também: Refinanciamento: o que é, como funciona e onde fazer

O que é refinanciamento de veículo? 

Também conhecido como empréstimo com garantia de veículo, o refinanciamento de veículo é uma modalidade de crédito na qual o cliente utiliza o seu automóvel como garantia de pagamento à instituição financeira. 

O bem colocado como garantia fica alienado à instituição credora, ou seja, continua com o proprietário, mas é transferido à instituição financeira até a quitação total do débito. Neste caso, como o risco de inadimplência diminui, os juros caem e os prazos para pagamento costumam ser maiores - e por isso a opção é tida como uma das mais saudáveis do mercado. 

Para que a negociação avance, o cliente precisa ter um automóvel em seu nome e estar com toda a documentação em dia. Se o cliente tiver um financiamento aberto ou qualquer outra pendência, como IPVA e licenciamento atrasados, uma parte do valor será destinado ao pagamento das dívidas e o restante é encaminhado para a conta do solicitante. 

Essas condições, no entanto, devem ser claramente comunicadas ao consumidor, para que ele esteja preparado para receber uma quantia menor do que a desejada inicialmente. 

Vale lembrar que embora o veículo usado como garantia fique em alienação fiduciária, a posse direta do bem ainda é do dono, que pode continuar usando o seu carro normalmente.

Leia também: O que é alienação fiduciária e por que vale a pena? 

No Brasil, o preço de revenda de automóveis é avaliado de acordo com a tabela Fipe, que se baseia no valor médio dos modelos considerando o ano de fabricação. Além disso, são consideradas outras questões, como as condições de conservação do veículo. Aliás, o estado do automóvel pode diminuir ou aumentar o valor considerado para o refinanciamento. 

Hora de contratar: como escolher a melhor opção 

Por se tratar de uma modalidade com taxas de juros mais saudáveis, muitos consumidores recorrem ao empréstimo com garantia de veículo para refinanciar dívidas, ou seja, quitar várias contas com juros altos - como o cheque especial, o rotativo do cartão de crédito ou empréstimos pessoais - e contrair outra despesa mais barata. 

Mas o refinanciamento de veículo também pode - e deve - ser uma alternativa para outras finalidades, já que a utilização do dinheiro é livre nesta modalidade. Investir na abertura ou crescimento da própria empresa, nos estudos ou na aquisição de outros bens são algumas das opções. 

Todas as possibilidades envolvem decisões financeiras importantes e, por isso, requerem planejamento e muita pesquisa. Cada instituição financeira oferece diferentes taxas e têm regras de contratação distintas, e por isso é importante comparar o maior número possível de opções. 

Confira, a seguir, outras instituições financeiras que oferecem a mesma opção e descubra qual faz mais sentido ao seu perfil: 

 

  • Refinanciamento de veículo Creditas (Empréstimo com garantia em automóvel) 

 

A Creditas, maior plataforma online de empréstimo com garantia do Brasil, oferece refinanciamento de veículo, de imóvel e empréstimo consignado privado. Para o refinanciamento de veículo, a fintech oferece taxas a partir de 1,49% ao mês. 

A forte presença da tecnologia nos processos é marca registrada da companhia. Todas as etapas do empréstimo são feitas pela internet, sem que o cliente precise se deslocar até uma agência física. Assim, a operação torna-se mais rápida e prática, fazendo com que o cliente tenha acesso ao empréstimo em até 48 horas - dependendo do caso. 

Além disso, na Creditas o cliente pode conseguir até 90% do valor do automóvel deixado como garantia, a depender das condições do veículo. O prazo de pagamento chega a 48 meses. 

Um diferencial da fintech é que mais que o atendimento humanizado e o processo digital, a companhia dispõe de uma consultoria financeira ao cliente, para que ele compreenda a importância da educação financeira ao tomar um empréstimo - e, assim, conseguir viabilizar suas novas conquistas. 

Leia também: Como fazer um empréstimo online na Creditas 

 

  • Refinanciamento de veículo Itaú

 

O banco Itaú também oferece empréstimo com garantia de veículo e empréstimo com garantia de imóvel. A segunda opção, no entanto, é exclusiva para clientes ‘Personnalité’. 

Algumas condições são exigidas para a tomada de crédito nesta modalidade: o bem - residencial ou comercial - precisa estar quitado e não pode entrar na lista de restrições do banco, que inclui galpões e edículas, por exemplo. 

No Itaú, o cliente pode tomar um empréstimo de até 60% do preço do imóvel, e o valor não é divulgado para operações que envolvem automóvel como garantia. 

Leia também: Refinanciamento de veículos Itaú

 

  • Refinanciamento de veículo Banco do Brasil 

 

O Banco do Brasil oferece aos clientes opções de empréstimo com garantia de imóvel e veículo. Para obter crédito com o uso do automóvel no processo, é preciso que o bem tenha até dez anos de fabricação. 

Além disso, é preciso que o veículo esteja quitado e não pode ser objeto de nenhum processo ou ter qualquer pendência, como pagamentos de impostos em atraso. 

De acordo com a instituição, o valor do crédito liberado aos clientes pode chegar a 80% do preço do automóvel e o parcelamento pode chegar a cinco anos. A primeira parcela pode ser paga em até 59 dias após o recebimento do dinheiro. 

No empréstimo com garantia de imóvel, o Banco do Brasil não determina um valor mínimo de mercado para que o bem seja avaliado. A instituição ainda informa que é possível oferecer um montante que represente até 60% do valor de mercado da garantia. A quitação do empréstimo deve ocorrer entre um ano e meio e 20 anos. 

 

  • Refinanciamento de veículo Santander

 

O Santander é outra instituição financeira que oferece crédito com garantia de veículo e imóveis. Para serem elegíveis à garantia, os veículos devem ter até cinco anos de fabricação e, na instituição, o cliente pode conseguir até 70% do valor de mercado do bem.

Para o empréstimo com garantia de imóvel, o banco informa que o cliente precisa ter um bem avaliado em, no mínimo, 70 000 reais. Outro ponto é que no Santander, o valor máximo do empréstimo é o equivalente a 60% do valor do imóvel. O prazo máximo para quitação é de 20 anos. 

As taxas de juros envolvidas na operação e o Custo Efetivo Total (CET) do refinanciamento não foi encontrado pelo Exponencial no site da instituição. 

Leia também: CET: o que é Custo Efetivo Total e como calcular 

 

  • Refinanciamento de veículo Bradesco

 

O banco Bradesco oferece, entre as linhas de crédito, o Credfácil Veículos - nome dado ao empréstimo com garantia de veículo da instituição. Para ter acesso à modalidade é preciso que os interessados sejam correntistas do Bradesco.

Normalmente, as taxas de juros do refinanciamento de veículo do Bradesco são informadas após a etapa de análise de crédito. Isso porque o perfil de crédito do solicitante é um dos fatores que podem tornar o empréstimo mais caro. 

Segundo a instituição, a média de juros varia entre 4,22% e 4,62% ao mês, dependendo, também, das características do veículo alienado. 

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Utilize o campo de comentários, abaixo, e conte para nós. Para ficar por dentro deste tema e outras modalidades de crédito, continue acompanhando os conteúdos do Exponencial. 

Receba conteúdos exclusivos
Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.
Carregando...
  • 0 Likes
Flávia Marques

Escrito por Flávia Marques

Repórter do Portal Exponencial, jornalista e curiosa. Gosta de observar, absorver e, diariamente, dividir o que aprende escrevendo.

Comentários [1]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Claudemar
Claudemar
disse:
Boa dia,meu nome é Claudemar tenho um Siena 08/09 financiado pelo bv financeira dei entrada de $9000 já paguei 8x668,00 resta 28 parcelas gostaria de saber se posso refinanciar por um carro mais novo ok
22.04.2017
às 14:30

Comentário enviado com sucesso!
Erro ao enviar comentário. Por favor, tente novamente.
Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010