• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis
    • Reforma
    • Venda
    • Troca
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Store

    Store

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Empresas
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Tudo sobre Crédito

Tudo sobre Crédito

Como calcular a taxa de juros do cheque especial

Você sabe quanto paga de juros ao utilizar o cheque especial? Leia este post e descubra como calcular a taxa de juros e outras formas mais saudáveis de empréstimo.

por Portal Exponencial

Atualizado em 11 de fevereiro, 2021

Ao recorrer a uma modalidade de empréstimo, muitas pessoas não consideram as taxas embutidas na operação e, com isso, acabam contraindo dívidas muito mais altas do que esperavam. Os juros do cheque especial, por exemplo, são considerados um dos mais elevados do país e, mesmo assim, milhares de pessoas continuam usando todos os anos.

O cheque especial é um empréstimo pré-aprovado disponível na sua conta corrente. Isso significa que, quando você fica no vermelho, um valor extra entra automaticamente em seu saldo. 

Alguns bancos oferecem 10 dias sem juros para  usar o limite. Porém, quem atrasa um único dia além desse prazo precisa quitar todo o período. 

Para evitar novidades indesejadas nas suas finanças, veja como fazer o cálculo desse crédito e compare as taxas em diferentes instituições. Fique por dentro de opções mais saudáveis de crédito também. 

Como calcular a taxa de juros do cheque especial

O cálculo dos juros do cheque especial é feito diariamente e a taxa varia de acordo com cada instituição financeira. Essa taxa pode ser consultada no site do seu próprio banco ou no site do Banco Central.

No primeiro dia, a taxa incide sobre o total inicial devido, já no segundo dia recai sobre o valor inicial, mais os juros do dia anterior, e assim por diante. O que resulta em custos muito elevados.

Porém, embora nos primeiros dias você não precise arcar com juros, saiba que, assim que o limite pré-aprovado começa a ser usado, a instituição cobra o IOF (Imposto sobre Operação Financeira). É uma quantia exigida pelo governo pela utilização do crédito, que é cobrada logo no primeiro dia. 

Abaixo, confira os juros do cheque especial dos principais bancos do país entre 19 de março de 2020 e 25 de março de 2020.

 

Banco

Taxa de juros ao Mês Taxa de juros ao Ano

Santander

8,20%

157,60%

Itaú

8,36%

162,10%

Bradesco

8,29%

160,19%

Banco do Brasil

7,86%

148,04%

Caixa Econômica Federal

6,70%

117,72%

 

Para calcular o valor cobrado diariamente e o quanto você vai pagar por utilizá-lo, basta dividir a taxa de juros mensal aplicada por seu banco pela quantidade de dias úteis do mês, o que gera a porcentagem ao dia. 

Por exemplo: se a taxa for de 8% ao mês, em um contrato de cheque especial que renova mensalmente iniciando no dia 01 em um mês com 20 dias úteis, basta dividir 8% por 20 e descobrir que custa 0,40% por dia útil utilizado.

Já para calcular a taxa de juros do cheque especial sobre o valor e os dias usados, deve-se conhecer o saldo utilizado do cheque especial, os dias usados e o resultado do cálculo acima, e então é só fazer uma multiplicação com todos os fatores.

Por exemplo: se você utilizou R$ 500 do cheque especial por 15 dias e seu banco aplicar uma taxa de juros no valor de 8% ao mês, em um mês de 20 dias úteis, você pagará: 

R$ 500,00 x 15 x 0,40% (ou utilize “x 0,0040” na calculadora simples) =  R$ 30,00 de juros.

Caso você não queira fazer o cálculo dos juros do cheque especial, uma maneira mais prática para saber o quanto você pagará no fim do mês é verificar a calculadora de cheque especial no aplicativo ou no site do seu banco. Você também pode contatar a sua gerência.

Por que os juros do cheque especial são altos?

Os juros do cheque especial são elevados justamente porque a empresa não tem nenhuma garantia de que você irá pagar a dívida. Afinal, o limite está sempre disponível e a instituição não sabe quando entrará dinheiro na sua conta novamente.

Isso aumenta muito o risco de inadimplência do banco, ou seja, a probabilidade de tomar calote. A consequência é repassar a chance de não ser pago para o correntista, por meio das taxas elevadas.  

Além disso, não é exigida uma análise de crédito para avaliar seu perfil financeiro e ver se tem condições de arcar com os custos. O que aumenta a possibilidade do banco de ter clientes maus pagadores.

Diferente do que acontece em outras linhas de crédito, nesta o dinheiro é apenas gasto, a pessoa não chega a solicitar um empréstimo e calcular a dívida final.

Se você perceber que o banco onde é correntista tem uma das maiores taxas do mercado, tem direito de fazer transferência, a chamada portabilidade bancária, para uma instituição que tenham modalidade de empréstimo com juros menores. É especialmente recomendado mudar se você costuma usar muito esse limite pré-aprovado.

Outra opção é escolher um empréstimo mais barato para evitar o comprometimento excessivo da sua renda mensal e garantir uma boa economia no valor final. Veja abaixo a taxa média de juros anuais de diferentes modalidades de empréstimo:

Modalidade de empréstimo Taxa de juros anual
Cheque especial 323%
Cartão de crédito 300%
Empréstimo pessoal 120%
Veículo em Garantia 20,8%
Imóvel em Garantia 9,4%

Vale a pena usar o cheque especial? 

Embora tenha uma das taxas mais altas do mercado, utilizar o cheque especial pode ser uma possibilidade, mas somente em situações pontuais.

Nesses casos, e com absoluto controle do prazo final para a cobertura do valor utilizado e somente em uma situação emergencial, o cheque especial é utilizado de forma inteligente e a favor do cliente.

Em qualquer outra situação é melhor procurar por uma opção mais saudável de crédito, como o empréstimo online com garantia. Ao colocar um imóvel ou um veículo como garantia, você garante a segurança do processo e consegue ter taxas pequenas e parcelas que cabem no seu bolso. 

Você já usou o cheque especial? Como fez para sair dos juros e evitar dívidas? Conta para a gente nos comentários.

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Meu negócio

Como fazer declaração do MEI: passo a passo

4 minutos de leitura