• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis

    • Empréstimo com garantia
    • Aluguel
    • Financiamento
    • Seguro Casa
    • Carros

    • Empréstimo com garantia
    • Financiamento de carros
    • Seguro Auto
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Seguros

    Seguros

      Soluções de seguros para proteger suas conquistas. Cote online, compare preços e economize com a maior corretora online do país, a Minuto Seguros, uma empresa Creditas.

    • Para você

    • Auto
    • Casa
    • Viagem
    • Vida
    • Acidentes Pessoais
    • Mais seguros para empresas
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Tudo sobre Crédito

Tudo sobre Crédito

Como fazer empréstimo: tudo que você precisa para contratar

Com tantas opções de empréstimo no mercado, é preciso entender como funciona cada modalidade para fazer a melhor escolha.

por Portal Exponencial

Atualizado em 7 de junho, 2024

Como fazer empréstimo: tudo que você precisa para contratar

Ao pesquisar sobre como fazer empréstimo você irá se deparar com um labirinto de informação. São tantas modalidades, siglas e detalhes que podem deixar qualquer pessoa perdida.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo completo para ajudar você a tomar a melhor decisão na hora de tomar crédito saudável.

Aqui, você vai entender:

Precisando de crédito para realizar seus objetivos?

Use seu carro ou imóvel para ter crédito rápido e seguro com juros a partir de 1,09% ao mês +IPCA e até 240 meses para pagar.

Simule agora

O que é preciso para fazer um empréstimo

Para fazer um empréstimo é preciso ter mais de 18 anos e apresentar documentos pessoais válidos, como RG e CPF. É comum solicitar documentos como comprovantes de renda, como holerite, extrato bancário, declaração de IR, comprovante de residência, vínculo empregatício e outros documentos relacionados ao bem que você pretende oferecer como garantia.

Ter isso em mãos é a parte fácil de fazer um empréstimo. Agora vamos te explicar a parte oito pontos realmente importante sobre tomar como fazer um empréstimo.

1- Mapei sua situação financeira 

O primeiro passo para tomar crédito saudável é ter clareza sobre sua situação financeira e quanto você tem condições de pagar.  Apenas após ter esse conhecimento é que você está em condições de iniciar sua buscar por um empréstimo.

Contabilize todos os custos da operação e faça uma análise minuciosa das suas finanças. Analise os valores e evite que as parcelas do empréstimo ultrapassem 15% da sua renda líquida mensal, pois isso pode comprometer seu orçamento.

Para evitar imprevistos, caso seja possível, considere também criar um fundo de emergência equivalente a pelo menos três meses de despesas para cobrir imprevistos sem afetar o pagamento das parcelas.

Com isso você terá uma visão completa de sua situação financeira, podendo escolher um empréstimo com todas as informações que precisa.

Se precisar de ajuda com a organização das contas, veja nossa matéria que explica como organizar seu orçamento pessoal.

2- Avalie o motivo do empréstimo

Agora é hora de pensar no motivo que levou você a buscar o crédito. Isso assegurará que você terá as melhores condições e o melhor direcionamento do dinheiro, evitando o mau endividamento.

Veja abaixo alguns dos principais motivos para fazer um empréstimo. Caso algum seja o seu caso, clique e saiba como escolher a melhor condição para você.

  • Autônomo: para autônomos, conseguir um empréstimo pode ser desafiador devido à exigência de comprovação de renda fixa pelas instituições financeiras. Esse processo faz com que parte desses profissionais, vejam a tomada de crédito como inviável. Com o surgimento de fintechs e bancos digitais, autônomos têm mais possibilidades de acessar crédito, com processos mais flexíveis e rápidos.
  • Casamento: realizar uma festa de casamento é o sonho de muitos casais, mas, se o amor está em alta, mas o dinheiro está curto, um empréstimo pode ser a solução. Com planejamento e escolha de condições adequadas, é possível financiar o casamento sem comprometer a saúde financeira do casal, transformando o grande dia em realidade sem gerar endividamento excessivo.
  • Cirurgia plástica: para muitas pessoas, a cirurgia plástica não é apenas uma questão de estética, mas também de autoestima e qualidade de vida. Ao fazer um empréstimo com parcelas acessíveis e processos simplificados é possível realizar o procedimento sem comprometer a saúde financeira.
  • Comprar carro: adquirir um carro é um sonho para muitos, mas nem sempre o valor está disponível à vista. Um empréstimo pode ser a chave para ter o veículo desejado, oferecendo maior poder de negociação, pois você terá o valor total ou uma boa entrada em mãos. Diversas instituições financeiras oferecem financiamento de veículos, mas vale a pena comparar com outras opções de crédito, que podem ser mais vantajosas em termos de taxas e condições.
  • Financiamento estudantil: para muitos jovens de baixa renda, um financiamento estudantil é a porta de entrada para o ensino superior. Além dos programas governamentais, diversas instituições financeiras privadas oferecem crédito estudantil com condições favoráveis. Investir na educação é um passo importante para o futuro, e um empréstimo pode ser a ferramenta que viabiliza essa conquista.
  • Quitar dívidas: dívidas com bancos, cartão de crédito e serviços básicos podem tirar o sono de muitos brasileiros. Recorrer a um empréstimo pessoal para consolidar essas dívidas pode ser uma boa saída para diminuir os juros e evitar que a dívida vire uma bola de neve.
  • Reforma: reformar a casa pode ser um desafio, especialmente quando surgem imprevistos estruturais e financeiros. Um empréstimo para reforma pode aliviar o estresse, garantindo que você tenha os recursos necessários para concluir a obra.

Um empréstimo pode ser uma ferramenta poderosa para resolver problemas financeiros, alcançar objetivos e melhorar a qualidade de vida, caso seja utilizado de maneira consciente e estratégica. Avalie o motivo do empréstimo para garantir que você não se endivide prejudicialmente.

3- Pesquise as instituições financeiras

Conhecer bem a instituição onde você vai contratar o empréstimo é fundamental para encontrar condições justas de crédito.

Antes de decidir onde solicitar seu empréstimo, pesquise e compare as opções disponíveis no mercado. Certifique-se de que a instituição é confiável, verificando seu histórico e as avaliações de outros clientes no Reclame Aqui.

4- Fique de olho nas taxas e juros

Fazer um empréstimo é um grande desafio. Você se depara com um labirinto repleto de números, termos e condições que não são do seu dia a dia. No entanto, com a informação certa, esse caminho pode se tornar mais simples.

Uma informação importante nesse momento é sobre qual possui a menor taxa de juros, afinal esse é um fator decisivo para saber quanto você irá pagar no seu crédito. Temos um guia atualizado mensalmente sobre os bancos que tem a menor taxa de juros.

Mas os juros não são as únicas taxas cobradas, por isso tenha atenção ao CET (Custo Efetivo Total). Esse é realmente o valor que você irá pagar e que envolve as taxas de juros e todas as tarifas da operação financeira.

5- Cuidado com os golpes

Ficar atento aos golpes é essencial ao solicitar um empréstimo, pois fraudes são comuns e podem causar grandes prejuízos. Tome cuidado com links suspeitos, pedidos de adiantamento, empresas desconhecidas e propostas que ofereçam condições fora do padrão de mercado.

Certifique-se de que a instituição é confiável e reconhecida no mercado. Verifique se a empresa possui um histórico sólido e boas avaliações de outros clientes no Reclame Aqui.

Lembre-se: se uma oferta parece boa demais para ser verdade, pode ser sinal de alerta. O barato pode sair caro, portanto, priorize a segurança e a transparência ao escolher onde solicitar seu empréstimo.

Veja aqui como se previnir dos principais tipos de golpes financeiros.

6- Considere oferecer um bem como garantia

Colocando seu veículo ou imóvel como garantia do empréstimo você pode conseguir valores mais altos, mais prazo para pagar e juros baixíssimos com parcelas que cabem no seu bolso.

Para saber mais sobre essa modalidade, escolhe entre as opções abaixo:

Nos links acima você conhece mais sobre cada uma das modalidades de empréstimo com garantia e encontrar a que melhor se adequa às suas necessidades financeiras.

7- Separe os documentos

Para fazer um empréstimo é preciso ter um de RG, CNH ou CPF válidos, comprovante de renda e residência. Se você for oferecer um  bem como garantia é preciso ter em mãos:

  • Imóvel: matrícula do imóvel e IPTU.
  • Carro: CRV (Certificado de Registro do Veículo) ou DUT (Documentação Única de Trânsito).

Fique com esses documentos em mãos para agilizar ainda mais a simulação.

8- Faça uma simulação

Agora que você já conhece os principais pontos para solicitar um empréstimo, é hora de fazer uma simulação.

Nesse momento, a melhor opção é a maior plataforma de empréstimo com garantia do Brasil, onde você usa seu carro ou imóvel como garantia e consegue juros mensais a partir de 1,09% + IPCA.

Tire suas dúvidas

Veja abaixo as respostas para as principais dúvidas sobre como fazer um empréstimo.

Quais são as linhas de crédito existentes?

Os especialistas em finanças pessoais costumam dizer que todas as linhas de créditos podem ser boas se forem usadas para o fim correto. Ou seja, é necessário conhecer cada linha de crédito a fundo para então descobrir qual é a mais apropriada para o seu caso. Isso requer paciência e calma. Optar por um tipo de empréstimo no impulso, somente por conta da facilidade da contratação, pode colocar você em uma verdadeira cilada

Abaixo, detalhamos as principais modalidades de crédito para ajudar você a fazer essa análise.

Empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é uma modalidade para pessoa física bastante comum e costuma ser liberada em poucos dias sem exigir garantia de pagamento.

A desvantagem é que essa modalidade oferece uma das taxas de juros mais altas do mercado, entre 4% e 10% ao mês. Isso varia conforme a instituição e o valor solicitado. A maioria das instituições estabelece alguns critérios para oferecer o crédito, visto que não há garantias de que o débito será quitado.

Em muitos casos, o cliente não pode estar inadimplente nos últimos meses e tampouco com nome sujo. Também deve ter ao menos um ano de conta bancária. Algumas instituições chegam a conceder o recurso a negativados, mas a situação é pouco vantajosa, com taxas ainda mais altas.

Empréstimo com garantia

O empréstimo com garantia tem ganhado espaço no mercado por oferecer condições de pagamento diferenciadas. Essa modalidade se destaca porque conta com as menores taxas, prazos longos para quitar e oferece quantias elevadas.

Essa opção é muito usada para quitar dívidas e viabilizar conquistas de alto custo, como reformar a casa, abrir um negócio e até organizar um casamento. Além disso, o contratante pode desfrutar do recurso como quiser, sem necessidade de justificar a finalidade à empresa.

Nesse caso, você assegura o pagamento deixando um veículo ou imóvel em alienação fiduciária. Em outras palavras, o nome do bem passa para a instituição, mas a posse direta ainda é do comprador, que pode continuar usando a propriedade normalmente. Dessa forma, a empresa consegue fornecer empréstimo com juros baixos, ou seja, uma operação mais vantajosa, com menos custos e maior tempo para pagar.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é voltado a aposentados, pensionistas, funcionários públicos e de empresas privadas. Nesse caso, as parcelas são descontadas da folha de pagamento mensalmente, o que também diminui o risco de esquecer ou atrasar o pagamento.

Isso significa que como em qualquer outro tipo de empréstimo, o cliente fica com uma parte da renda mensal comprometida até saldar a dívida, com a diferença de já ter o desconto no pagamento do salário. Também é importante destacar que, por lei, as parcelas não devem exceder 30% do total do salário ou benefício.

Quando pensam em como fazer um empréstimo, muitos consumidores optam pelo consignado para quitar a dívida todo mês de uma vez, concentrando todas em uma só. Assim, é possível fechar negócio apenas com uma instituição e evitar a negociação com várias.

No Brasil, apesar de o empréstimo consignado público ser mais comum, o consignado privado, oferecido a funcionários de empresas privadas, tem ganhado espaço no mercado. Para contratar esse tipo de empréstimo, é preciso que a empresa em que o colaborador trabalha seja conveniada à instituição financeira que oferece essa modalidade. Se esse for o seu caso, você já pode fazer uma simulação de empréstimo consignado.

Leia também: Entenda como funciona o empréstimo consignado para funcionários privados

Financiamento

No financiamento o recurso é direcionado a uma finalidade específica previamente acordada. Por exemplo, se você precisa do valor para comprar uma casa, o dinheiro será específico para isso.

No geral, quem solicita um financiamento costuma utilizar o recurso para financiar estudos ou adquirir um bem como veículo, ou imóvel. Em muitos casos, a propriedade a ser comprada passa a servir como garantia do pagamento até a dívida ser quitada. As taxas e valores variam conforme a empresa e o tipo de financiamento.

Vale fazer um empréstimo em um banco tradicional?

Se mesmo após descobrir que é possível fazer empréstimo com segurança e obter crédito de qualidade via internet rapidamente você ainda quiser optar pelo banco tradicional, você pode procurar o gerente da sua conta para conversar sobre as possibilidades e as ofertas que o banco possui para você.

É muito provável que o empréstimo pessoal seja o produto indicado, que geralmente possui taxas de juros mais altas do que os empréstimos que oferecem algum tipo de garantia. Fique atento e peça por outras alternativas para ser possível comparar os juros e encontrar a melhor proposta para seu bolso.

É necessário pesquisar com cada instituição para saber qual banco tem a menor taxa de juros para empréstimo.

É seguro fazer um empréstimo online?

Sim, fazer um empréstimo online pode ser seguro, desde que você tome algumas precauções importantes. No tópico "Cuidado com os golpes", estão alguns pontos a considerar para garantir a segurança do seu processo de empréstimo online:

Veja alguns bons motivos para recorrer a essa solução:

  1. Melhores taxas de juros: as instituições que concedem este tipo de crédito não possuem grandes agências, resultando em menores custos operacionais. Ou seja, as transações são mais baratas e as taxas de juros, mais baixas.
  2. Redução de burocracia e mais agilidade: a automatização dos processos também possibilita a desburocratização e consequente agilidade nas operações. Hoje é possível solicitar empréstimos de forma totalmente online, em poucos minutos e a aprovação de crédito também acaba sendo ágil.
  3. Melhor experiência e conforto para o consumidor: as fintechs estão cada vez mais preparadas para melhorar a experiência do consumidor, incluindo os que não são nativos digitais. Além disso, não é mais necessário se deslocar até uma agência bancária, aguardar horas em uma fila ou no atendimento telefônico.  Isso tudo garante mais praticidade e comodidade ao solicitante.
  4. Favorece a comparação de taxas: a tecnologia também ajuda na hora de comparar taxas e preços. Não é preciso ir de agência em agência perguntando e muito menos ficar ligando em todos os lugares. Ainda por cima, é muito simples de compilar todas as informações para fazer a comparação e escolher a melhor opção.
  5. Transparência: os processos de empréstimo online tendem a ser mais transparentes. Ao fazer a simulação, é possível saber exatamente quando é o quanto vai pagar. Dessa forma, você sabe o Custo Efetivo Total (CET) do empréstimo, as taxas reais de juros e o valor exato das parcelas.

O principal cuidado na hora de fazer empréstimo é conferir a imagem da empresa na mídia, nas redes sociais e nos comentários do Reclame Aqui. Além disso, é importante consultar o CNPJ e a Razão Social da instituição no site da Receita Federal.

Se você chegou até aqui, está no caminho certo para fazer um bom negócio. Agora, nossa sugestão é continuar acompanhando os conteúdos do Exponencial. Aproveite e deixe nos comentários outras dúvidas sobre o assunto e suas experiências financeiras.

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Me explica Creditas

Domicílio Eletrônico Trabalhista (DET): saiba o que é, o prazo e como cadastrar