• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis
    • Reforma
    • Venda
    • Troca
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Store

    Store

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Empresas
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Saia do vermelho

Saia do vermelho

Como fazer cartão de crédito com o nome sujo

Conheça algumas opções de cartão de crédito disponíveis para negativados e saiba o que avaliar antes de solicitar

por Creditas

Atualizado em 11 de fevereiro, 2021

Uma dificuldade comum para quem está com o nome negativado é a perda de acesso ao crédito. Solicitar um cartão de crédito com nome sujo pode parecer uma tarefa impossível, visto que as operadoras costumam consultar o cadastro de inadimplentes durante a análise de crédito.

No entanto, existem algumas alternativas de cartão de crédito para negativados no mercado. Conheça as opções disponíveis e as vantagens e desvantagens dessa modalidade de crédito.

É possível fazer cartão de crédito com nome sujo?

Sim! Embora a maioria dos cartões de crédito sejam emitidos  após uma rigorosa avaliação da instituição com relação ao solicitante, é possível encontrar cartões que dispensam consulta ao SPC e Serasa, que não exigem comprovação de renda e nem mesmo abertura de conta em banco.

As instituições que disponibilizam a ferramenta a pessoas com o nome sujo buscam formas diferenciadas de garantir o pagamento da fatura do cartão de crédito. É o caso do cartão de crédito pré-pago e o cartão de crédito consignado. Conheça mais sobre cada uma das modalidades:

  • Cartão de crédito pré-pago: 

O cartão pré-pago tem sido  considerado uma importante forma de inclusão bancária. Regulamentada pelo Banco Central, essa modalidade de crédito não requer vínculo com uma conta bancária. Além disso, pessoas negativadas e com score baixo podem solicitar o cartão, já que não passam por uma análise de crédito, nem de renda.

O limite de crédito depende das recargas feitas pelo titular, portanto, é impossível gastar mais dinheiro do que se tem. As recargas podem ser feitas via boleto bancário ou depósito.

Isso permite que muitos consumidores possam realizar compras por meio da internet e assinar serviços de streaming, por exemplo, além de ser aceito em diversos estabelecimentos. Por outro lado, é preciso avaliar se existem taxas de adesão, de recarga, de saque, mensalidade e anuidade. Nesse caso, a modalidade pode não ser a opção mais saudável.

  • Cartão de crédito consignado

Essa é uma opção mais específica, mas alguns clientes negativados podem adquirir. Para fazer um cartão de crédito desse tipo, é preciso ser funcionário público, aposentado ou pensionista do INSS, funcionário das Forças Armadas ou trabalhar em uma empresa privada no regime CLT.

O cliente que pedir o cartão de crédito não passa por consulta no SPC ou Serasa, mas a financeira pode realizar uma análise de crédito para definir o limite do cartão e verificar a margem consignável, que não pode ultrapassar 5% da renda mensal do solicitante.

Leia também | O que é empréstimo consignado? Entenda como esse crédito funciona

Como fazer cartão de crédito com nome sujo pela internet?

Como vimos, quando uma pessoa está negativada, ela possui mais dificuldade de acesso ao crédito. Isso acontece porque os agentes financeiros não têm uma garantia de que o consumidor irá conseguir pagar todas as despesas. 

Dessa forma, é possível que as ofertas disponíveis apresentam altas taxas de juros e condições pouco favoráveis. Portanto, veja algumas dicas que vão te ajudar  Antes de optar por esta modalidade de crédito é importante levar alguns pontos em consideração:

1. Avalie a necessidade de um cartão de crédito

O cartão de crédito pode ser uma boa opção para organizar as despesas em um só lugar além de facilitar a compra de produtos e serviços de alto valor, devido a possibilidade de parcelamento. No entanto, é também uma das principais causas do mau endividamento, já que o crédito rotativo apresenta taxas elevadas de juros.

O melhor caminho é tentar negociar as dívidas e limpar o seu nome antes de recorrer ao cartão de crédito.

2. Conheça as opções disponíveis

Nem todas as instituições financeiras oferecem essa opção de crédito para negativados, mas é importante pesquisar as opções disponíveis e comparar as condições oferecidas por cada uma. Esse é o melhor caminho para evitar cair em armadilhas ao fazer cartão de crédito com nome sujo pela internet.

3. Avalie os custos envolvidos 

Encontrou uma opção interessante? O trabalho não acaba por aqui. Verifique as condições para contratação e os custos envolvidos, como taxa de anuidade, taxa de juros do rotativo e se há cobrança se seguros e taxas adicionais. 

Muitas vezes, para compensar o risco de inadimplência, a operadora de cartão de crédito pode cobrar taxas elevadas do consumidor.  No final, a conta não irá fechar e você poderá ficar no prejuízo.

Leia também | Inadimplência: a saga dos milhões de brasileiros negativados

Como solicitar um cartão de crédito com o nome sujo?

Para fazer a solicitação do seu cartão de crédito basta entrar em contato com o agente financeiro e verificar a disponibilidade do crédito para o seu perfil. A consulta e solicitação pode ser feita online, via telefone ou presencialmente.

Não esqueça de ler atentamente o contrato de adesão e certifique-se de que todas as condições acordadas estão presentes no documento.

O cartão de crédito para negativados vale a pena?

Quem possui restrição junto aos órgãos de proteção ao crédito não precisa abrir mão das vantagens oferecidas pelo cartão de crédito. A praticidade de não precisar carregar grandes quantias em dinheiro e parcelar compras fazem do cartão de crédito a modalidade mais utilizada pelos brasileiros.

Vale lembrar também que os cartões são a principal forma de pagamento para as compras realizadas pela internet. Contudo, é preciso utilizar o recurso com cautela, a fim de evitar um descontrole financeiro, o que vai dificultar a regularização da sua situação.

Se possível, procure negociar suas dívidas com os bancos antes de optar pela ferramenta. Um empréstimo para negativados pode ser uma boa saída para quitar as dívidas e retomar o controle sobre sua finanças.

Se você é funcionário público, aposentado ou pensionista, verifique se tem margem consignável  disponível para solicitar um empréstimo consignado, pois esta é, sem dúvidas, a opção mais saudável para negativados. O empréstimo consignado da Creditas, por exemplo, também está disponível para negativados.

Com a garantia de pagamento, os juros oferecidos no empréstimo consignado são os mais baixos do mercado, fazendo com que as condições fiquem ainda melhores para quem está com o nome sujo. 

Agora que você já conhece as regras e condições de contratação do cartão de crédito com nome sujo, aproveite para entender como sair das dívidas rapidamente para retomar o seu poder de compra. Aproveite e compartilhe nos comentários a sua opinião sobre o assunto.

E se quiser, é possível fazer uma simulação de empréstimo agora mesmo.

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Meu negócio

Como fazer declaração do MEI: passo a passo

4 minutos de leitura