• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis

    • Reforma
    • Venda
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos

    Empresas

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Atração e Retenção
  • Benefícios flexíveis
  • Employer branding
  • Educação financeira
  • Departamento pessoal
  • Na mídia
  1. Home

  2. Benefícios flexíveis

Benefícios flexíveis

Como escolher benefícios para funcionários em tempos de trabalho remoto?

Está com dificuldades de entender as necessidades da sua equipe? A Creditas @Work te ajuda a escolher benefícios para funcionários sem errar.

por Redação @Work

Atualizado em 26 de maio, 2022

A adoção estratégica de benefícios flexíveis é altamente eficaz quando se busca a fidelização e produtividade do colaborador, reduzindo drasticamente o turnover e aumentando a reputação da empresa no mercado. Escolher benefícios para funcionários para se alcançar esse objetivo, por outro lado, pode ser uma grande questão para o setor de RH.

Essa dúvida não é infundada. Afinal de contas, como posso escolher benefícios para funcionários se, no home office, não consigo acompanhar de perto as necessidades dos meus colaboradores?

Para responder a essa questão, vamos voltar um pouco no tempo e considerar o contexto no qual o home office foi finalmente instaurado.

Para escolher benefícios para funcionários, é preciso entender o contexto do home office

Com o avanço descontrolado da pandemia do novo Coronavírus, principalmente quando consideramos o ápice das infecções, ainda em 2020, o home office passou a ser encarado de forma definitiva como um meio de manter as atividades empresariais, sem perdas no dia a dia.

Acontece que o contexto não foi dos melhores. A começar pela urgência: empresas que não estavam habituadas com o modelo de trabalho remoto, que talvez nunca consideraram o home office como uma modalidade válida, precisaram adaptar sua cultura organizacional às pressas, de modo turbulento. Não houve muito tempo para ajustes, e todos tiveram que se acostumar a trabalhar de casa em pouco tempo.

Além disso, a pressão social da pandemia afetou milhões de brasileiros, colocando muitos frente a frente com o desafio de lidar com condições de estresse, depressão e, principalmente, ansiedade - o que invariavelmente afeta o dia a dia e a produtividade no trabalho.

Hoje, já enfrentamos muitos meses em home office e estamos plenamente adaptados. De fato, segundo uma pesquisa realizada pela Global Line, ainda no primeiro semestre de 2021, mais da metade dos entrevistados afirmaram estar “muito confortáveis” trabalhando de casa. Todo o contexto no que isso se deu, entretanto, não exclui os inúmeros desafios do trabalho remoto que foram identificados ao longo de mais de dois anos em estado pandêmico.

Leia mais: Se a empresa oferecer mais benefícios, ela terá prejuízo?

Os desafios do trabalho remoto

A mesma pesquisa realizou um levantamento das dores já enfrentadas, bem como as que ainda persistem, no trabalho remoto.

Dos entrevistados, quase 45% consideram que a conexão pessoal de internet representa um grande desafio para quem precisa trabalhar de casa, uma vez que nem sempre o colaborador dispõe de conexão estável.

Incríveis 70% dos entrevistados comentaram que é preciso que as empresas possuam mais ações com foco em uma cultura humanizada, enquanto 65% apontam o engajamento dos colaboradores como um ponto fundamental de melhoria em suas empresas.

Mudanças de paradigmas

Não é apenas a realidade de trabalho que a pandemia do novo Coronavírus. Ela moldou, também, um novo estilo de vida entre os colaboradores, o que altera suas prioridades.

Como já comentado aqui no Blog da Creditas, segundo uma pesquisa realizada pela Microsoft em março de 2022, 71% dos brasileiros colocam a saúde e bem-estar à frente do trabalho desde o início da pandemia. No mesmo sentido, 7% dos funcionários do mundo inteiro colocam os interesses da vida pessoal à frente da vida profissional.

Todos esses contextos devem ser levados em consideração na hora de escolher benefícios para funcionários. 

Como escolher benefícios para funcionários

Considerando todo esse contexto, fica claro por onde a empresa pode começar a investir na hora de escolher benefícios para funcionários. Pensar em saúde e qualidade de vida é fundamental e não pode ser deixado de lado. A grande sacada, aqui, é conseguir compreender como agrupar e oferecer tais serviços.

Confira os principais:

Leia mais: Como solucionar as dores dos funcionários de maneira rápida e centralizada?

 Saúde

Inegavelmente, os benefícios relacionados à saúde são os mais indicados para o momento. É uma preocupação base o cuidado com a saúde e a dos familiares - funcionários saudáveis trabalham com mais disposição e produtividade. Isso faz do seguro saúde um ótimo ponto de partida para escolher os benefícios. 

Vale Home Office

O segundo item de maior prioridade na hora de escolher benefícios para funcionários é considerar um vale home office. Não há como negar que o colaborador está utilizando seus próprios recursos para prestar serviços, então, nada mais justo do que ressarci-los.

 Cultura e qualidade de vida

Além da pressão psicológica causada pela pandemia, ainda existem diversos fatores no home office que afetam a qualidade de vida e produtividade do colaborador. Na pesquisa da Global Line, por exemplo, quase 40% dos entrevistados confessaram ter dificuldades na hora de começar e, principalmente, parar de trabalhar. 

Tudo isso pode ser um grande gatilho desencadeador de situações como alto índice de estresse ou depressão. 

Então, cuidar da qualidade de vida do colaborador por meio de vales como o vale-cultura, que incentivem momentos de lazer, pode ser uma ótima opção para quem quer dar um ânimo na equipe e aumentar a produtividade.

Auxílios financeiros e de proteção de renda

Por fim, outra grande preocupação dos funcionários nos últimos anos é a estabilidade financeira. A situação econômica incerta, no Brasil e no mundo, coloca todos em estado de alerta e faz o brasileiro procurar por empresas que ofereçam benefícios de proteção de renda - e, aqui, podemos considerar o seguro vida, por exemplo.

Além disso, é possível oferecer diversos outros benefícios que, direta ou indiretamente, auxiliam na realidade financeira de cada funcionário - como, por exemplo, a possibilidade de solicitar empréstimos consignados com taxas diferenciadas, antecipação de salário e ações de educação financeira - tudo isso em prol de oferecer mais segurança para o colaborador e, por consequência, para a empresa.

Converse com a Creditas @Work 

Agora que você sabe por onde começar na hora de escolher benefícios para funcionários que ajudem a solucionar os desafios do trabalho remoto, porque não conversar com a Creditas @Work?

Mais que uma financeira, a Creditas @Work oferece para a sua empresa todos os benefícios flexíveis que citamos até agora - do seguro saúde ao empréstimo consignado e antecipação de salário. O melhor? Tudo centralizado no mesmo fornecedor, otimizando o trabalho do RH e tornando o dia a dia do funcionário e da sua empresa mais produtivo.

Além disso, em breve a Creditas @Work também lançará o benefício de vale-cultura. São muitos benefícios possíveis!

Se o conteúdo desta matéria ajudou você a esclarecer algumas dúvidas sobre benefícios flexíveis para funcionários em trabalho remoto, saiba que o RH Estratégico tem tudo que você precisa para otimizar processos e alcançar melhores resultados. Continue acompanhando nosso blog!

 

Newsletter

RH Estratégico

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Departamento pessoal

Diversidade no trabalho: o que é e qual a sua importância