• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis

    • Reforma
    • Venda
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos

    Empresas

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Atração e Retenção
  • Benefícios flexíveis
  • Employer branding
  • Educação financeira
  • Departamento pessoal
  • Na mídia
  1. Home

  2. Benefícios flexíveis

Benefícios flexíveis

Se a empresa oferecer mais benefícios para funcionários, ela terá prejuízo?

Afinal de contas, benefícios para funcionários são prejuízos ou investimentos? Entenda o que levar em consideração na contratação de benefícios para seus colaboradores no texto de hoje!

por Redação @Work

Atualizado em 26 de maio, 2022

Dentro das despesas de toda empresa, estão inclusos os custos com benefícios obrigatórios - férias, 13º, FGTS, VT, entre outros. Por si só, um funcionário acaba custando mais do que o salário que será pago. Esse fato acaba fazendo com que muitas organizações não ofereçam mais benefícios para funcionários, além dos obrigatórios, com medo de acabar no prejuízo.

Mas, será que essa hipótese é realmente verídica?

Prejuízo é diferente de custos e investimentos

Respondendo de modo prático: não. Isso porque os benefícios para funcionários não podem ser encarados pela gestão de RH  como  prejuízo - estão muito mais próximos de custos e investimentos.

Isso porque existe uma condição básica para uma situação ser considerada um prejuízo: ela não deve dar retorno. E essa não é a realidade dos benefícios.

De fato, a oferta de benefícios para funcionários acarretam, sim, em custos para além do que se já tem, mas possui retornos claros para a empresa contratante.

Como tenho retorno com os benefícios para funcionários?

Os benefícios para funcionários que vão além da obrigação do empregador possuem, então, um papel fundamental para a fidelização dos colaboradores - e essa é a primeira forma de retorno ao pensarmos neste tipo de investimento.

Isso porque eles se sentem valorizados e empoderados. A possibilidade de escolher os benefícios de acordo com suas necessidades o fará se sentir seguro dentro da empresa, sabendo que ela o ampara em momentos necessários.

A oferta de seguros saúde e vida, por exemplo, são altos atrativos para funcionários que possuem filhos, uma vez que esses serão, direta ou indiretamente, beneficiados. Para quem já pensa em perspectivas de futuro, a oferta de previdência privada é fundamental e pertinente.

Já para funcionários que precisam de apoio em momentos de crise financeira, a opção de antecipação de salário, empréstimo consignado a condições diferenciadas e o acesso a produtos e serviços com desconto direto em folha colaboram para seu bem estar financeiro, evitando endividamento e queda de produtividade.

Em outras palavras, ainda que representem custos para a empresa, os benefícios flexíveis geram uma rede de “proteção” aos colaboradores, garantindo que a evasão seja muito menor - afinal, em outra vaga, ele pode perder inúmeros benefícios.

Isso gera fidelidade, comprometimento e bem estar - o que culmina em funcionários e equipes altamente produtivas e focadas. Por consequência, toda a empresa prospera e vê, na prática, o retorno do investimento em benefícios para funcionários.

Equilibre as contas com o fornecedor correto

É claro que, apesar de representar um investimento, os custos dos benefícios para as empresas podem, sim, serem controlados. E isso não representa apenas uma economia financeira, mas principalmente de tempo dentro das equipes de RH, responsáveis pelo gerenciamento dos benefícios.

Quando pensamos em uma grande cartela de benefícios para funcionários, automaticamente já pensamos em inúmeros fornecedores - os de benefícios relacionados à saúde, ao transporte, à cultura, à educação financeira, etc. Isso, por si só, gera um grande problema para a gestão de RH, que, no lugar de gerir pessoas, acaba dedicando muito tempo e esforço gerindo fornecedores.

A carteira de benefícios para o RH da Creditas @Work une todas essas áreas de benefícios flexíveis em um único ponto de contato. Esse é nosso propósito: oferecer uma ampla cartela de opções de benefícios para funcionários, com o menor esforço de trabalho  e custo possível para a gestão de RH.

Assim, com um único fornecedor, você pode oferecer de seguros saúde a ações de educação financeira, por exemplo, sem a necessidade de dedicar mais tempo além do mínimo necessário.

Se o conteúdo desta matéria faz diferença para seus próximos projetos, saiba que o RH Estratégico tem tudo que você precisa para otimizar processos e alcançar melhores resultados. Continue acompanhando nosso blog!

Newsletter

RH Estratégico

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Departamento pessoal

Diversidade no trabalho: o que é e qual a sua importância