Revolucionando o empréstimo no Brasil
Use seu carro como garantia de novas conquistas
Use seu carro como garantia de novas conquistas
Finanças

O que é PIB, para que serve e como é calculado

Esse indicador de apenas três letras é considerado o termômetro da economia e está diretamente ligado ao seu bolso. Entenda tudo sobre como ele
Escrito por Mariana Lima em 22.09.2020 | Atualizado em 28.09.2020
  • 1 Likes

Quem acompanha o noticiário, já deve ter ouvido falar que o “PIB cresceu” ou “PIB diminuiu” e que isso tem a ver com a economia do Brasil. Mas, já se perguntou o que é PIB e para que ele serve?

Você já deve ter percebido que essas três letrinhas têm uma importância grande para a finanças de um país, cidade ou Estado. De fato, o PIB é um dos principais indicadores econômicos e é por isso que é muito importante entender como ele funciona.

Para te ajudar a entender melhor como funciona o PIB, vamos te explicar nesse artigo:

  • Qual é o significado de PIB
  • Como o PIB é calculado
  • Para que serve o PIB
  • Quais fatores impactam o PIB
  • Quais são as diferenças entre PIB Real e PIB Nominal
  • O que é PIB per capita

Qual é o significado da palavra PIB

PIB é a sigla de Produto Interno Bruto e é um dos principais indicadores da economia brasileira.

Na prática, ele funciona como um termômetro: se o PIB cresce é sinal que a economia está indo bem, que as taxas de desemprego estão baixas e que a população está com dinheiro no bolso para gastar. O inverso também acontece: quando o PIB cai, se acende um sinal vermelho para a economia do País.

Alguns fatores influenciam se o PIB vai subir ou descer. Mas antes de explicar mais sobre isso, vamos mostrar como se calcula o PIB e a importância desse indicador.

Como é calculado o PIB?

Você já deve ter estudado na escola que PIB é a soma de todos os produtos e serviços finais produzidos no País. E quando falamos de “todos”, são todos mesmo! Desde o pãozinho da padaria até uma diária em um hotel de luxo.

Esse cálculo rebuscado é divulgado a cada três meses pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) e leva em consideração o valor gasto em toda a cadeia de produção. 

Veja um exemplo para ficar mais claro como isso funciona:

Quando o IBGE calcula o PIB, ele avalia, por exemplo, quantos reais foram gastos em compras de pãezinhos durante um ano. O cálculo é feito com base no preço do pãozinho, porque o dinheiro gasto em farinha de trigo e fermento, por exemplo, já está embutido no valor do produto final.

O mesmo acontece com o hotel de luxo. O valor usado no cálculo é o da diária porque nela já estão inclusos os custos de uma tarde de massagem, os valores de uma refeição gourmet especial entre outros serviços.

Ficou mais claro agora os motivos que levam o IBGE usar só os produtos e serviços finais produzidos? Agora vamos entender melhor para que serve esse cálculo.

Para que serve o PIB?

Como dizemos anteriormente, o PIB funciona como um termômetro da economia. Acompanhar esse indicador ajuda a entender se as pessoas e empresas estão gastando mais ou menos, se a eficiência de um país está crescendo e ainda comparar o desenvolvimento econômico entre as nações.

Quando você acompanha o PIB do Brasil, por exemplo, consegue ver se a economia do País melhorou ou piorou naquele período e compará-la com outros países como Estados Unidos, Argentina ou França.

O PIB também influencia outros indicadores da economia. Quando o PIB sobe, é sinal de que as pessoas estão com mais dinheiro no bolso e comprando mais. Um reflexo disso é o provável aumento nos preços dos produtos, gerando inflação

Para controlar a inflação, o Banco Central pode optar por aumentar os juros da Taxa Selic. Se fizer isso, consequentemente aumenta os rendimentos de renda fixa, por exemplo. 

No fim das contas, está tudo interligado.

O que impacta no PIB

Agora que você já sabe a importância do PIB pro seu bolso e como ele é calculado, pode estar se perguntando: o que podemos fazer para o PIB subir?

Existem alguns fatores que impactam diretamente neste indicador, mas o principal é o consumo. Isso porque quando empresas, governo e cidadãos gastam dinheiro, o mercado tende a girar e a economia “esquenta” novamente.

Veja um exemplo de como uma pessoa confiante com a economia melhora o PIB de um país:

Sempre que você vai ao mercadinho do seu bairro, costuma gastar o mesmo valor em produtos. Certo dia, decide gastar um pouco mais para provar os novos produtos que acabaram de chegar na prateleira e que parecem ser deliciosos.

Com o tempo, o dinheiro a mais que você  e outras pessoas do seu bairro começaram a gastar no mercadinho garantem caixa suficiente para o dono do estabelecimento contratar uma ajudante, que até então estava desempregada.

Agora, essa pessoa recém-empregada passa a ter um salário e, por tanto, dinheiro para comprar roupas e renovar o material escolar dos filhos - aumentando também as vendas das lojas de roupas e papelaria do bairro em que vive. Deu pra entender?

Situação semelhante acontece no governo:

Quando o prefeito decide fazer obras de recapeamento de ruas em diferentes bairros, investe um dinheiro na contratação de empresas para fazer esse serviço. Por sua vez, a empresa contrata funcionários para desempenhar esse trabalho.

Com dinheiro no bolso, esses funcionários têm condições de fazer compras e contratar outros serviços em suas vidas pessoais.

Algumas empresas, que vendem para o exterior, também contribuem com o PIB:

Uma fabricante de sucos de laranja, quando vende seus produtos para os Estados Unidos, recebe o pagamento em dólar. 

Como a plantação de laranjas e os funcionários da fábrica estão no Brasil, a empresa usa parte desse dinheiro para estimular a economia nacional por meio de investimentos em melhorias na fábrica e no pagamento de salários.

As variações do PIB

As diferenças entre PIB Real e PIB Nominal

Você já está quase virando um especialista em PIB, só precisa tomar cuidado para não se confundir com algumas variações, como a diferença entre PIB Nominal e PIB Real.

Quando ouvir falar em PIB nominal pense que o cálculo foi feito com base em todas as características econômicas do ano em que o produto ou serviço foi produzido e comercializado.

Já o PIB Real, quando é calculado, o IBGE escolhe um ano-base e usa preços constantes, descontando a inflação.

Mas por que existe essa diferença?

Por ignorar o impacto da inflação nos preços, o PIB Real é ideal para acompanhar se realmente um determinado país se tornou mais eficiente de um ano para o outro.

O que é PIB per capita

Agora, você só precisa entender o que significa “PIB per capita” para começar a dar aula sobre esse assunto. “Per capita” é uma expressão em latim que significa “por cabeça”.

Por isso que PIB per capita é o valor do PIB dividido pelo número de habitantes de uma região, no caso, do Brasil.

Mas o assunto não é tão simples assim. Para calcular esse indicador, o IBGE considera o Brasil como um país de distribuição de renda equilibrada, ou seja, como se as condições econômicas iguais.

O Brasil é um dos países mais desiguais economicamente do mundo. E é por isso que é errado usar apenas o PIB per capita para entender os índices de qualidade de vida, ok?

Gostou de entender um pouco mais sobre PIB? Conta pra gente nos comentários! Assine também a newsletter do Portal Exponencial para não perder nenhum conteúdo.

Receba conteúdos exclusivos
Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.
Carregando...
  • 1 Likes
Tags
  • Educação Financeira
Mariana Lima

Escrito por Mariana Lima

Jornalista especializada em finanças pessoais e macroeconomia. Foi repórter de economia nos maiores jornais do Brasil e acredita que a educação financeira é o primeiro passo para realizar sonhos.

Comentários [0]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentário enviado com sucesso!
Erro ao enviar comentário. Por favor, tente novamente.
Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010