• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis

    • Reforma
    • Venda
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos

    Empresas

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Atração e Retenção
  • Benefícios flexíveis
  • Employer branding
  • Educação financeira
  • Departamento pessoal
  • Na mídia
  1. Home

  2. Benefícios flexíveis

Benefícios flexíveis

Remuneração além do salário: o que é e quais as vantagens?

Entenda a importância da remuneração além do salário e como é possível oferecer sem descumprir a legislação trabalhista

por Marilia Ferro

Postado em 24 de agosto, 2022

Quer saber mais sobre a remuneração além do salário? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, você vai conhecer outras formas de remunerar o colaborador e a importância dos benefícios flexíveis nessa questão.

Muitas pessoas ainda acreditam que o salário e remuneração são termos que têm o mesmo significado, porém, isso não é verdade. Enquanto o salário é um valor fixo mensal, pago ao colaborador em troca de seus serviços, a remuneração engloba benefícios obrigatórios e flexíveis, premiações, comissões, entre outros.

Dessa forma, a empresa que oferece qualquer tipo de remuneração além do salário é capaz de se destacar no mercado de trabalho, atraindo cada vez mais profissionais altamente capacitados e evitando que os funcionários busquem por oportunidades melhores para satisfazer a todas as suas necessidades.

Para facilitar sua leitura, veja os tópicos abordados nesta matéria:

Tipos de remuneração além do salário

Para os trabalhadores CLT é obrigatório que a empresa pague benefícios como FGTS, 13º salário, férias remuneradas e, no caso de jornadas presenciais, o vale-transporte. Também é necessário que empresas que operam fora do horário comercial paguem adicional noturno para todos os colaboradores que trabalham nesse período.

Embora estes saldos já sejam considerados como remuneração além do salário, não são as únicas opções, já que o RH estratégico e humanizado pode implementar ações que impactam positivamente na qualidade de vida da equipe de trabalho, como comissões, participação nos lucros, premiações e benefícios flexíveis.

No caso deste, as opções são diversas, podendo englobar auxílios à nutrição, saúde física e mental, educação, saúde financeira, qualificação profissional, poder de compras, proteção de renda, mobilidade, entre muitos outros. E a melhor parte é que existem opções de carteiras de benefícios flexíveis que oferecem custo zero para a empresa!

A importância dos benefícios flexíveis

Os benefícios flexíveis são formas de remuneração além do salário que trazem vantagens para a empresa e para seus colaboradores, afinal, ao mesmo tempo que reduzem os níveis de estresse e aumentam consideravelmente a qualidade de vida da equipe, evita que a organização tenha picos de queda de produtividade e altas taxas de turnover.

Dessa forma, as chances de economizar com desligamentos, seleção e treinamentos de novos funcionários crescem, os clientes ficam mais satisfeitos com os trabalhos, devido à redução de erros operacionais, e há uma melhora significativa no clima organizacional, já que todos estarão mais felizes com a rotina de trabalho.

A opção pela oferta de um cartão de benefícios flexíveis como remuneração além do salário também otimiza a rotina do RH, que não precisará se preocupar com processos manuais burocráticos, terá que lidar com um número reduzido de fornecedores e terá mais tempo para cuidar da gestão de pessoas, a parte mais importante do trabalho.

Como oferecer remuneração além do salário 

No caso dos benefícios flexíveis, a remuneração além do salário pode ser oferecida a partir de um único cartão, que centraliza as principais necessidades da equipe. Nele, é possível definir quais valores serão destinados a cada finalidade, ou seja, um montante específico para mobilidade, outro para nutrição, outro para saúde, e por aí vai.

No caso de comissões e premiações, os valores podem ser depositados diretamente na conta do colaborador, desde que seja especificado que se referem à uma forma de remuneração além do salário, e não à incorporação salarial indevida. O importante é se informar com cuidado para não descumprir qualquer aspecto trabalhista.

Para saber mais sobre as formas de remuneração além do salário, os benefícios para a empresa e para os colaboradores e como o RH pode implementar de maneira simples e econômica, baixe gratuitamente o e-book Remuneração além do salário que a Creditas Benefícios criou para te auxiliar nessa jornada!

Continue acompanhando o RH Estratégico para se atualizar sobre os temas mais importantes do universo do RH.

Newsletter

RH Estratégico

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Atração e retenção

Salários no RH: remuneração de gestor e analista