Revolucionando o empréstimo no Brasil
Use seu carro como garantia de novas conquistas
Use seu carro como garantia de novas conquistas
Finanças

Metas para 2020: saiba como tirar os objetivos financeiros do papel

Para este ano, guardar dinheiro é a principal meta financeira dos brasileiros. Especialista traz dicas práticas para os que desejam colocar as contas em dia e começar a poupar
Escrito por Flávia Marques em 02.01.2020 | Atualizado em 14.05.2020
  • 0 Likes

Não dá para ignorar o simbolismo do Ano-Novo. Embora os primeiros dias de janeiro não sejam diferentes do mesmo período de qualquer outro mês, a virada de ano costuma renovar as esperanças e estimular as pessoas a traçarem novos objetivos. Entre os brasileiros, as metas para 2020 incluem uma nova relação com as finanças. 

De acordo com um estudo organizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), guardar dinheiro é a principal meta financeira dos consumidores neste ano: 49% desejam poupar recursos. Além disso, 30% planejam fazer uma viagem, 28% pretendem comprar ou reformar a casa e 27% querem sair do vermelho. 

Disciplina é palavra de ordem para concretizar as metas para 2020

Neste momento, a máxima “o ano não será novo se você não mudar” faz total sentido. Para Dora Ramos, orientadora financeira e terapeuta complementar, aproveitar o sentimento de renovação das energias para colocar as contas em dia é uma boa ideia, mas sem planejamento e disciplina o consumidor não conseguirá cumprir os seus objetivos.

A especialista explica que, em muitos casos, o orçamento do novo ano já começa desfalcado pelos gastos excessivos cometidos nas festividades de dezembro. “Devido à facilidade oferecida, o consumidor quase sempre prefere parcelar as compras no cartão de crédito”, comenta. “Embora não haja cobrança de juros, a divisão em valores acarreta uma grande quantidade de parcelas, e as compras de dezembro continuam no orçamento até o meio do ano”. 

Leia também: Aprenda a fazer um planejamento financeiro de verdade

Para não extrapolar o orçamento e conseguir o tão sonhado equilíbrio financeiro em 2020, Dora destaca alguns pontos que merecem a atenção do consumidor. Confira, a seguir:

1 - Priorize pagamentos à vista 

O cartão de crédito é um dos meios de pagamento mais utilizados pelos brasileiros e, mesmo assim, a relação dos consumidores com ele não vai nada bem. Ainda segundo o SPC Brasil, cerca de 66% dos consumidores têm dívidas em atraso com o produto. 

“Para evitar o superendividamento, prefira quitar suas despesas à vista. Assim, você reduz os riscos de se enrolar e cair nos juros abusivos”, instrui. 

2 - Programe os pagamentos de gastos fixos 

Pode parecer curioso, mas alguns consumidores pagam taxas por atraso no pagamento de despesas por esquecimento. “A distração é natural, já que no dia a dia temos muitas tarefas e preocupações para administrar ao mesmo tempo”, explica Dora. 

Uma forma de aprimorar a organização das contas, evitar esquecimentos e atrasos é aproveitar ferramentas tecnológicas para automatizar os pagamentos. Além disso, utilizar aplicativos, planilhas ou até um caderno de anotações para registrar gastos e ganhos semanais ajuda a aumentar o controle do orçamento. 

3 - Coloque as despesas fixas em primeiro lugar

Quando o assunto é despesas, é importante ressaltar que os gastos fixos são prioridade. Isso porque o não pagamento normalmente envolve interrupção na oferta de serviços básicos, que fazem enorme diferença no dia a dia. “Não podemos esquecer que todos os meses temos contas de consumo, então, o ideal é colocar todas as despesas na ponta do lápis e se organizar para garantir o pagamento desse tipo de conta em primeiro lugar”, diz Dora. 

4 - Comece a negociar dívidas em atraso 

O final de ano costuma ser o melhor período para quitar contas em atraso, graças ao pagamento do décimo terceiro salário e aos feirões de renegociação organizados pelos birôs de crédito com condições especiais de pagamento para os consumidores. 

Mas, para quem não pôde aproveitar a renda extra e os mutirões, aproveitar o início do ano para entrar em contato com os credores, conhecer o real valor das dívidas e montar um planejamento para eliminá-las é uma boa escolha. Com as contas em dia, o consumidor está mais preparado para reservar parte do orçamento para compor uma reserva de emergência ou adquirir um bem. 

Leia também: Como renegociar dívidas: 5 dicas para você quitar os débitos

5 - Finalmente, é hora de poupar e investir 

Com o orçamento em ordem, é chegado o momento de poupar. Vale ressaltar que, com a Selic em baixa, as modalidades de investimento mais conservadoras, como a poupança e o Tesouro Direto, têm rentabilidade menor. Isso significa que, com o passar do tempo, o seu dinheiro pode valer menos. 

Com cautela, avalie a possibilidade de investir em renda variável e outras modalidades que oferecem maior rendimento para que o seu dinheiro passe a trabalhar para você. 

Leia também: Quer investir em 2020 e não sabe por onde começar? Confira dicas 

 

Receba conteúdos exclusivos
Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.
Carregando...
  • 0 Likes
Flávia Marques

Escrito por Flávia Marques

Repórter do Portal Exponencial, jornalista e curiosa. Gosta de observar, absorver e, diariamente, dividir o que aprende escrevendo.

Comentários [0]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentário enviado com sucesso!
Erro ao enviar comentário. Por favor, tente novamente.
Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010