• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis
    • Reforma
    • Venda
    • Troca
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Store

    Store

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Empresas
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Tudo sobre Crédito

Tudo sobre Crédito

Saiba tudo sobre empréstimo com garantia de veículo alienado

Utilizar seu carro ou moto como garantia para conseguir um empréstimo pode ajudar a obter taxas de juros mais baixas e um crédito mais saudável. Entenda 

por Elaine Ortiz

Atualizado em 11 de fevereiro, 2021

Empréstimo com garantia de veículo alienado não é um bicho de sete cabeças. Apesar do nome complicado, a modalidade de crédito, também conhecida como refinanciamento de veículo -- pelo fato de aceitar na operação um bem que ainda não esteja quitado --, nada mais é do que uma forma prática, rápida e segura de obter dinheiro em mãos sem se desfazer dos seus bens.

Já que, ao contratar crédito utilizando um veículo como caução da operação, ou seja, alienando o bem à instituição que irá fazer o empréstimo, é possível obter taxas e juros menores, com prestações que cabem no seu bolso.

Mas, o que é empréstimo com garantia?

Quando uma instituição financeira fornece empréstimo para pessoas que estão endividadas ou querem dinheiro para investirem em seus negócios ou ainda viabilizarem conquistas, como viagens, estudo, realização de um casamento, esse credor precisa ter certeza que irá receber de volta a quantia que emprestou ao tomador do crédito. 

Ou seja, quanto mais clareza a instituição tiver de que o dinheiro emprestado será devolvido a seu caixa, maior é a possibilidade de ofertar o crédito cobrando taxas e juros mais baixos e oferecendo maiores prazos de pagamento, já que o risco é menor. Essa é, portanto, a lógica do empréstimo com garantia: o cliente oferta um bem a fim de comprovar que o débito será pago e, em troca, recebe o empréstimo sem deixar de usufruir de seu bem. 

No Brasil, o automóvel e a casa são os bens mais utilizados como garantia para empréstimo. O primeiro é conhecido como empréstimo com garantia de veículo e, o segundo, como home equity

Outra garantia cada vez mais aceita pelas instituições financeiras que oferecem empréstimos é o salário do trabalhador que possui carteira assinada. Trata-se do crédito consignado privado. Assim como ocorre com o carro e a casa, ter o salário como garantia de pagamento das parcelas possibilita que os credores ofereçam juros menores no empréstimo. 

Leia também: Empréstimo com garantia: conheça 5 modalidades e entenda como funcionam

Alienar o veículo alienado: é possível?

Para entender se fazer um empréstimo com garantia de veículo alienado é uma boa ideia, primeiro é preciso compreender o que significa exatamente alienar um veículo que ainda está alienado. 

Sempre que um veículo é adquirido por meio de um financiamento,  ele está automaticamente alienado à empresa que concedeu o crédito. Ou seja, por mais que os documentos estejam em nome do motorista, proprietário que está pagando o veículo financiado, o carro ou a moto só será posse daquela pessoa, de fato, quando as parcelas forem quitadas.

Fazer um empréstimo com garantia de veículo alienado significa, em outras palavras, solicitar um refinanciamento da dívida, colocando o próprio veículo como garantia, mesmo antes dele estar 100% pago. 

Neste caso, parte do novo empréstimo concedido servirá para pagar a dívida que falta com a primeira instituição, enquanto a outra parte irá para o proprietário do veículo, que poderá usar o dinheiro da forma que quiser. Mas, importante: o veículo continuará alienado. Mas, agora, para a nova instituição financeira que concedeu o crédito atual. 

A palavra “alienar”, no dicionário, significa “transferir para outro o domínio ou a propriedade de algo”. Falar sobre empréstimo com garantia de veículo alienado significa que o proprietário de um bem está disposto exatamente a transferir seu carro ou moto para uma instituição de crédito em troca de um empréstimo. Porém, sem entregar o bem para a instituição. O bem é apenas a garantia e só será capturado pela credora em caso de inadimplência do acordo financeiro. 

No mercado, a prática é conhecida como “alienação fiduciária”, outra expressão que assusta, mas que apenas quer dizer que se trata de um “empréstimo com garantia.  “Fidúcia” vem de “confiança” e há registros que a alienação de bens é aplicada desde o império romano. 

No Brasil, a alienação fiduciária surgiu em 1965, com o objetivo de regular o mercado de capitais e para substituir a obsoleta “hipoteca”. Desde então, o empréstimo com garantia é uma possibilidade no país. 

Leia também: Alienação fiduciária e hipoteca: veja as diferenças e vantagens 

Empréstimo com garantia de veículo alienado é uma boa opção?

Por muito tempo, o Brasil ficou conhecido como o país que possui os maiores juros do planeta. O motivo? Cartão de crédito, cheque especial e empréstimo pessoal. Por serem modalidades de crédito de fácil e rápido acesso, acabam sendo amplamente utilizadas por grande parte da população.

Segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do  Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), no fim de 2019 o principal responsável pela negativação de CPFs no país era o empréstimo pessoal contraído em bancos e financeiras: 69% dos usuários da modalidade de crédito estavam com restrição no nome. Outros dois grandes vilões da inadimplência, na época, eram o cartão de crédito (67% estavam negativados por conta do uso do crédito rotativo) e o cheque especial (52% se enrolaram utilizando o limite bancário). 

Diante deste cenário, pode-se dizer que o empréstimo com garantia é uma modalidade de empréstimo muito mais vantajosa por oferecer taxas de juros menores, prazos maiores para pagamento, justamente pela segurança de ter um bem como garantia do pagamento. 

Como a pessoa que pega o empréstimo não quer perder o bem e como as parcelas acabam sendo menores por contas dos juros reduzidos, a inadimplência entre as pessoas que utilizam essa linha de crédito é muito menor. 

Saber que o veículo continuará na posse do dono também é um alívio: a pessoa terá o dinheiro em suas mãos, sem deixar de usufruir de seu bem. É por isso que a modalidade também é conhecida como refinanciamento de automóvel. 

Principais dúvidas sobre empréstimo com garantia de veículo alienado 

Mesmo sabendo que colocar um veículo como garantia de empréstimo é um bom negócio, muitas dúvidas podem surgir durante o processo de aquisição do crédito. Confira as principais questões antes de fechar seu contrato. 

Qual a melhor banco para refinanciamento de veículos?

Atualmente não são só os bancos que oferecem empréstimo com garantia de veículo alienado. Novas instituições estão apostando cada vez mais nesse mercado e por se tratarem de empresas menores, focadas em pouco produtos e mais tecnológicas, o processo de empréstimo costuma ser mais rápido e as taxas de juros oferecidas mais baixas. 

O mais importante antes de decidir com qual instituição fará um empréstimo com garantia de automóvel alienado é pesquisar a respeito da empresa, tirar dúvidas com os especialistas que estão ofertando o crédito, ler o contrato com atenção, comparar as taxas e as condições de diversas empresas. Tudo isso irá contribuir para que você faça uma escolha saudável para sua vida financeira. 

 É possível refinanciar um veículo com o nome sujo?

Essa não é uma prática muito comum do mercado. Mas o cliente que estiver negativado pode tentar conseguir um empréstimo com garantia de veículo alienado, mesmo estando com o nome sujo. 

O que pode acontecer é a instituição financeira, após analisar o perfil de crédito do cliente, desistir de emprestar o dinheiro por achar que ele não terá condições de pagar as parcelas. Ou ainda, liberar o crédito mesmo para quem está negativado mas, em troca, cobrar taxas de juros mais altas por isso.

Quanto consigo pegar em um empréstimo com garantia de veículo alienado?

Normalmente, as instituições financeiras não costumam aceitar veículos com mais de 10 anos de uso. Ou seja, quanto mais  novo e caro o carro for, mais alto poderá ser o empréstimo liberado. Para isso, é feita uma avaliação de acordo com os valores da tabela Fipe. 

O valor emprestado tem dois limitantes: não pode ultrapassar 50% do valor do automóvel e as parcelas do refinanciamento não podem comprometer mais do que 35% da sua renda.

 O carro alienado ficará no nome de quem?

O veículo continuará no nome do cliente, mas alienado ao banco ou financeira onde o empréstimo foi feito. Isso quer dizer que ele está como garantia do banco. O carro só sairá dessa situação quando o empréstimo for quitado. 

O que acontece em caso de não pagamento das parcelas?

O nome do cliente ficará negativado, o carro será tomado e leiloado. Por esse motivo, a recomendação dos especialistas é analisar com bastante cuidado se as parcelas do empréstimo com garantia de veículo alienado cabem no seu bolso antes de fechar o negócio. 

Leia também: Melhor empréstimo: como comparar e escolher o ideal para você 

E você, ainda tem alguma dúvida sobre empréstimo com garantia de veículo alienado? Conta para gente nos comentários. 

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Meu negócio

Como fazer declaração do MEI: passo a passo

4 minutos de leitura