• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis
    • Reforma
    • Venda
    • Troca
    • Carros

    • Financiamento de carros
    • Loja de carros
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Store

    Store

    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Empresas
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Controle Financeiro

Controle Financeiro

Coronavírus: especialista explica os impactos na economia

Enquanto doença se espalha ao redor do mundo, consultores passam a avaliar os possíveis impactos à economia global. Em entrevista, o economista Agostinho Pascalicchio, do Mackenzie, explica o que podemos esperar

por Portal Exponencial

Atualizado em 11 de fevereiro, 2021

RESUMO DA NOTÍCIA

  • China conta com 43 000 infectados pela Covid-19 (Coronavírus;
  • S&P revisou para baixo o PIB chinês, passando da previsão de crescimento de 6% para 5%;
  • Em entrevista, economista do Mackenzie avalia os impactos para a economia brasileira e mundial.

Mais de 43 000 infectados em, ao menos, 26 países. Esse é o resultado da Covid-19, conhecida mundialmente como Coronavírus. Com alta disseminação na segunda maior economia do mundo, o Covid-19 já matou mais de 1 000 pessoas - principalmente na 7ª maior cidade da China, Wuhan. 

Com o avanço do surto, além da situação humanitária, as bolsas globais passaram a reagir negativamente. Ao final de janeiro, os índices Nasdaq e S&P fecharam a primeira sequência de dois dias de perdas em 2020. No Brasil, a situação não foi diferente, com queda do Ibovespa, impactando empresas de diferentes segmentos, como mineração, siderurgia e alimentação sofreram desvalorização expressiva.

Enquanto a China tenta conter a disseminação da doença, economistas e diversas instituições passam a analisar os impactos econômicos da epidemia. Analistas do S&P, por exemplo, estimam que o vírus pode reduzir o crescimento da China para 5%, ante um PIB estimado a 6%. 

Por se tratar da segunda maior economia mundial, a desaceleração da China impactaria diretamente em outras nações. No caso do Brasil, que tem no país asiático um grande parceiro comercial, o banco suíço UBS já puxou o crescimento do PIB para baixo: a projeção passou de 2,5% para 2,1%.

De acordo com o economista Agostinho Pascalicchio, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, pela China ser um dos principais destinos das commodities brasileiras, como soja e minério de ferro, o impacto será inevitável. 

Confira, a seguir, entrevista completa com o economista e entenda os impactos do Coronavírus na economia:

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Meu negócio

Como fazer declaração do MEI: passo a passo

4 minutos de leitura