• Simule seu crédito

    Simule seu crédito

    • Empréstimo com veículo em garantia
    • Empréstimo com imóvel em garantia
    • Empréstimo consignado
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Soluções

    Soluções

    • Imóveis

    • Empréstimo com garantia
    • Aluguel
    • Financiamento
    • Seguro Casa
    • Carros

    • Empréstimo com garantia
    • Financiamento de carros
    • Seguro Auto
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Seguros

    Seguros

      Soluções de seguros para proteger suas conquistas. Cote online, compare preços e economize com a maior corretora online do país, a Minuto Seguros, uma empresa Creditas.

    • Para você

    • Auto
    • Casa
    • Viagem
    • Vida
    • Acidentes Pessoais
    • Mais seguros para empresas
    Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Benefícios corporativos
  • Ajuda
Mais praticidade? Baixe nosso app:
  • Controle financeiro
  • Realizando sonhos
  • Saia do Vermelho
  • Me explica Creditas
  • Tudo sobre Crédito
  • Meu negócio
  1. Home

  2. Realizando sonhos

Realizando sonhos

Como financiar imóvel? Guia completo com passo a passo

por Leonardo Cruz

Postado em 15 de maio, 2024

Comprar um imóvel é um dos momentos mais importantes na vida de qualquer pessoa. No entanto, financiar um imóvel pode ser complicado, especialmente para quem está fazendo isso pela primeira vez. Entender cada etapa do processo é essencial para tomar boas decisões e garantir uma compra segura.

Neste guia completo, vamos explicar cada passo do financiamento imobiliário, desde avaliar sua situação financeira até assinar o contrato e planejar o pagamento das prestações. Queremos tornar o processo claro e menos assustador para você.

Se você está pensando em comprar seu primeiro imóvel ou precisa de informações para facilitar a compra de uma nova propriedade, este guia é para você. Vamos começar?

Precisando de crédito para realizar seus objetivos?

Use seu carro ou imóvel para ter crédito rápido e seguro com juros a partir de 1,09% ao mês +IPCA e até 240 meses para pagar.

Simule agora

Nesse artigo você vai encontrar:

1. O que é financiamento imobiliário?

O financiamento imobiliário é um empréstimo concedido por uma instituição financeira para a compra de um imóvel. Esse tipo de empréstimo permite que você pague pelo imóvel em parcelas mensais ao longo de vários anos. Existem diferentes tipos de financiamento, cada um com suas próprias características e vantagens.

Principais tipos de financiamento

  • Financiamento habitacional: Destinado à compra de imóveis residenciais, como casas e apartamentos. Geralmente, oferece taxas de juros mais baixas e prazos mais longos.
  • Sistema Financeiro da Habitação (SFH): Voltado para imóveis de menor valor, com condições facilitadas e limites de financiamento estabelecidos pelo governo.
  • Sistema Financeiro Imobiliário (SFI): Usado para financiar imóveis de maior valor, com menos restrições e maior flexibilidade nas condições.

Como funciona o financiamento?

  • Valor de entrada: Normalmente, é necessário pagar uma entrada (ou sinal), que corresponde a uma porcentagem do valor total do imóvel.
  • Parcelas mensais: O restante do valor é dividido em parcelas mensais, que incluem juros e, em alguns casos, taxas adicionais.
  • Prazos de pagamento: Os prazos podem variar bastante, indo de alguns anos até décadas, dependendo do tipo de financiamento e da instituição financeira.

Benefícios do financiamento

  • Acessibilidade: Permite comprar um imóvel mesmo sem ter o valor total à vista.
  • Investimento seguro: O imóvel se valoriza ao longo do tempo, proporcionando segurança patrimonial.
  • Planejamento financeiro: As parcelas mensais ajudam no planejamento financeiro a longo prazo.

Compreender esses conceitos básicos é o primeiro passo para seguir adiante no processo de financiar seu imóvel com segurança e confiança.

2. Como avaliar sua situação financeira?

Antes de iniciar o processo de financiamento, é crucial avaliar sua situação financeira. Isso garantirá que você tome decisões informadas e escolha um financiamento que se encaixe no seu orçamento.

  1. Analise sua renda: Calcule sua renda mensal total, incluindo salários, rendimentos de investimentos e outras fontes de renda. Liste todas as suas despesas mensais, como aluguel, contas, alimentação, transporte, e outras dívidas.
  2. Entenda sua capacidade de pagamento: Idealmente, o valor da parcela do financiamento não deve ultrapassar 30% da sua renda mensal. Mantenha uma reserva financeira para imprevistos, garantindo que você possa cobrir despesas inesperadas sem comprometer o pagamento do financiamento.
  3. Planejamento orçamentário: Faça um orçamento detalhado, considerando todas as suas receitas e despesas. Isso ajudará a identificar quanto você pode destinar ao financiamento do imóvel. Veja onde é possível reduzir gastos e aumentar sua capacidade de poupança para dar uma entrada maior ou pagar parcelas mais altas.

Dicas para melhorar a capacidade financeira

  1. Pague ou renegocie dívidas existentes para liberar mais renda para o financiamento.
  2. Considere fontes adicionais de renda, como trabalhos freelancer, para aumentar sua capacidade financeira.
  3. Faça um esforço consciente para economizar dinheiro mensalmente, criando um fundo de entrada e um colchão financeiro.

Avaliando sua situação financeira de forma cuidadosa, você poderá entrar no processo de financiamento com confiança, sabendo exatamente quanto pode pagar e como organizar seu orçamento para garantir o sucesso da compra do imóvel.

3. Como verificar seu score de crédito?

Seu score de crédito é um fator crucial no processo de financiamento imobiliário. Ele indica a sua capacidade de pagar dívidas e influencia diretamente a aprovação do financiamento e as condições oferecidas pela instituição financeira.

O que é o score de crédito?

O score de crédito é uma pontuação que reflete seu histórico financeiro, incluindo pagamentos de contas, dívidas e comportamento de crédito.

Geralmente, varia de 0 a 1000, sendo que uma pontuação mais alta indica menor risco de inadimplência.

Como consultar seu score de crédito?

Você pode consultar seu score em empresas como Serasa, Boa Vista e SPC. Muitas oferecem consultas gratuitas online.

Além do score, é importante verificar seu relatório de crédito para entender detalhadamente seu histórico financeiro.

Como melhorar seu score de crédito?

  1. Pague suas contas em dia: Pagamentos pontuais de contas e dívidas são essenciais para manter um bom score.
  2. Reduza o uso do crédito: Evite usar o limite máximo do cartão de crédito e mantenha um saldo baixo em relação ao limite total.
  3. Negocie e quite dívidas: Se você tem dívidas pendentes, negocie com os credores e faça um esforço para quitá-las.
  4. Evite solicitações de crédito frequentes: Muitas consultas ao seu crédito em um curto período podem impactar negativamente seu score.

A importância do score de crédito no financiamento:

Um score alto aumenta suas chances de aprovação. Melhores scores podem resultar em taxas de juros mais baixas e condições de pagamento mais favoráveis.

Manter um bom score de crédito é fundamental para garantir que você obtenha o melhor financiamento possível para a compra do seu imóvel. Cuide do seu histórico financeiro e monitore seu score regularmente para estar sempre preparado.

4. Como escolher o imóvel ideal?

Escolher o imóvel certo é um passo fundamental no processo de financiamento. É importante considerar vários fatores para garantir que o imóvel atenda às suas necessidades e esteja dentro do seu orçamento.

1) Defina suas necessidades

Decida se você prefere uma casa, apartamento ou outra forma de moradia. Considere suas necessidades atuais e futuras.

Avalie quantos quartos e banheiros são necessários, além de outras áreas como sala de estar, cozinha e espaço externo.

Escolha uma localização que seja conveniente para o trabalho, escolas, transporte público e outras facilidades essenciais.

2) Considere seu orçamento

Determine um intervalo de preços que se ajuste ao seu orçamento. Lembre-se de considerar o valor da entrada e as parcelas do financiamento.

Inclua no seu orçamento os custos adicionais, como taxas de escritura, registro, impostos, reformas e manutenção.

3) Atente–se a documentação do imóvel

Verifique se o imóvel está regularizado e se a documentação está em ordem. Isso inclui certidões negativas de débitos, escritura pública e matrícula atualizada.

Faça uma inspeção detalhada para identificar possíveis problemas estruturais, elétricos e hidráulicos.

4) Use ferramentas online

Utilize sites de busca de imóveis para encontrar opções que atendam aos seus critérios de seleção.

Ferramentas online podem ajudar a calcular as prestações e a comparar diferentes opções de financiamento.

Dicas para uma escolha segura

  1. Visite vários imóveis: Não se apresse na decisão. Visite várias opções para comparar e escolher a melhor.
  2. Consulte profissionais: Corretores de imóveis, advogados e engenheiros podem oferecer orientações valiosas durante o processo.
  3. Pesquise a vizinhança: Visite a área em diferentes horários do dia para avaliar segurança, ruído e comodidades disponíveis.

Escolher o imóvel ideal é um processo que requer atenção e planejamento. Com uma análise cuidadosa e a ajuda de ferramentas e profissionais, você pode encontrar a moradia que melhor se encaixa nas suas necessidades e possibilidades financeiras.

5. Comparando instituições financeiras

Escolher a instituição financeira certa é crucial para obter as melhores condições de financiamento. Comparar as opções disponíveis no mercado ajuda a encontrar a melhor oferta em termos de taxas de juros, prazos e benefícios adicionais.

Taxas de juros

  • Taxa fixa: A taxa de juros permanece constante durante todo o período de financiamento. É ideal para quem prefere previsibilidade nos pagamentos.
  • Taxa variável: A taxa de juros pode variar ao longo do tempo, geralmente baseada em índices econômicos. Pode oferecer taxas iniciais mais baixas, mas envolve mais risco.
  • Taxa mista: Combina uma taxa fixa por um período inicial e uma taxa variável posteriormente. Oferece um meio-termo entre segurança e potencial de economias futuras.

Prazo e condições de pagamento

Verifique os prazos oferecidos para o financiamento. Prazos mais longos resultam em parcelas menores, mas podem aumentar o custo total devido aos juros acumulados.

Algumas instituições oferecem flexibilidade no pagamento das parcelas, como a possibilidade de pausar ou renegociar em situações de dificuldade financeira.

Benefícios adicionais

Alguns financiamentos incluem seguros que protegem contra desemprego, invalidez ou morte. Avalie se esses seguros são vantajosos para a sua situação.

Algumas instituições oferecem programas de pontos ou cashback que podem ser vantajosos ao longo do tempo.

Custo Efetivo Total (CET)

O Custo Efetivo Total inclui todos os encargos e taxas do financiamento, além dos juros. É um indicador importante para comparar ofertas de diferentes instituições.

Certifique-se de que a instituição forneça uma explicação clara e detalhada de todos os componentes do CET.

Atendimento e reputação

Avalie a qualidade do atendimento ao cliente. Uma boa comunicação e suporte eficiente são essenciais durante o processo de financiamento.

Pesquise a reputação da instituição financeira. Opiniões de outros clientes e avaliações online podem fornecer insights valiosos.

Passos para comparar instituições

  1. Pesquise opções: Use comparadores online e consulte diferentes bancos e financeiras para entender as opções disponíveis.
  2. Simule financiamentos: Utilize os simuladores das instituições para calcular as parcelas e o CET com base no valor do imóvel e no prazo desejado.
  3. Negocie condições: Não hesite em negociar condições melhores com a instituição escolhida. Muitos bancos estão dispostos a ajustar suas ofertas para atrair clientes.

Comparar instituições financeiras de forma detalhada e cuidadosa ajuda a garantir que você obtenha o melhor financiamento possível, ajustado às suas necessidades e possibilidades financeiras.

6. Simulando o financiamento

Realizar simulações de financiamento é uma etapa crucial para entender como as condições de pagamento se ajustam ao seu orçamento. Isso ajuda a ter uma visão clara das prestações mensais, taxas de juros e do valor total a ser pago.

Importância da simulação

A simulação de financiamento oferece previsibilidade, ajudando a prever o valor das prestações mensais e a planejar o orçamento familiar. 

Ela também permite a comparação, possibilitando avaliar diferentes ofertas de financiamento e escolher a mais vantajosa. 

Além disso, a simulação auxilia no ajuste de expectativas, ajudando a alinhar suas expectativas em relação ao valor do imóvel e às condições de pagamento que são viáveis para você.

Como realizar uma simulação?

Para realizar uma simulação, comece escolhendo uma ferramenta de simulação. A maioria dos bancos oferece simuladores de financiamento em seus sites. 

Além disso, existem sites comparadores online que permitem comparar ofertas de diferentes instituições financeiras. 

Outra opção é utilizar aplicativos de finanças pessoais, que frequentemente incluem ferramentas de simulação de financiamento.

Analise os resultados

Analise os resultados da simulação considerando o valor das prestações mensais que você precisará pagar, a taxa de juros aplicada ao financiamento, o custo total que será pago ao final do financiamento, incluindo juros e encargos, e o CET (Custo Efetivo Total), que abrange todos os custos envolvidos no financiamento, como taxas administrativas e seguros.

Dicas para uma simulação eficiente

  1. Realize simulações com diferentes valores de entrada, prazos de pagamento e taxas de juros para encontrar a melhor combinação.
  2. Inclua seguros, taxas de administração e outras despesas no cálculo para obter uma visão realista do custo total.
  3. Simule diferentes cenários de pagamento, como amortizações antecipadas ou mudanças no prazo de financiamento.

Exemplos de ferramentas de simulação

  • Ferramentas oferecidas por bancos como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Itaú, e Bradesco.
  • Sites como Compara Online e Melhortaxa.
  • Apps como GuiaBolso e Organizze.

Realizar simulações de financiamento é fundamental para tomar decisões informadas e escolher a melhor opção para financiar seu imóvel. Utilize as ferramentas disponíveis, compare diferentes cenários e ajuste suas expectativas para garantir um financiamento que se encaixe no seu orçamento.

7. Reunindo a documentação necessária

Reunir a documentação correta é um passo essencial para garantir que o processo de financiamento imobiliário ocorra de maneira eficiente e sem contratempos. Cada instituição financeira pode ter requisitos específicos, mas alguns documentos são geralmente necessários.

Documentos Pessoais

  • Identidade: Documento de identificação com foto, como RG, CNH ou passaporte.
  • CPF: Cadastro de Pessoa Física.
  • Comprovante de Estado Civil: Certidão de casamento, certidão de nascimento ou certidão de divórcio, conforme o caso.

Comprovantes de Renda

  • Holorites: Os últimos três holerites, se você for assalariado.
  • Declaração de Imposto de Renda: A última declaração, incluindo o recibo de entrega.
  • Extrato Bancário: Extratos dos últimos três meses, especialmente para autônomos e profissionais liberais.
  • Contrato Social: Para empresários, o contrato social da empresa atualizado.

Documentos do Imóvel

  • Matrícula do Imóvel: Documento atualizado, obtido no Cartório de Registro de Imóveis.
  • Certidão Negativa de Débitos: Certidão que comprova a inexistência de dívidas sobre o imóvel.
  • Habite-se: Certificado emitido pela prefeitura que comprova que a construção está de acordo com as normas municipais.
  • Planta Baixa: Desenho técnico do imóvel, geralmente exigido para imóveis novos.

Documentos do Vendedor

  • Identidade e CPF: Documentos de identificação do vendedor.
  • Comprovante de Residência: Comprovante atualizado do endereço do vendedor.
  • Certidões Negativas: Certidões de débitos municipais, estaduais e federais, bem como ações cíveis, criminais e trabalhistas.

Dicas para Organização da Documentação

  1. Faça uma lista dos documentos exigidos pela instituição financeira escolhida.
  2. Certifique-se de que todos os documentos estão atualizados e válidos.
  3. Digitalize e organize os documentos em pastas no seu computador para facilitar o envio e o acesso rápido.
  4. Guarde cópias físicas dos documentos em um local seguro.

Reunir a documentação necessária de forma organizada e completa é fundamental para agilizar o processo de aprovação do financiamento e evitar atrasos. Cada detalhe conta para garantir que a compra do seu imóvel seja concluída com sucesso.

8. Enviando a proposta de financiamento

Depois de reunir toda a documentação necessária, é hora de enviar a proposta de financiamento à instituição financeira escolhida. Este passo é crucial para garantir que sua solicitação seja analisada e aprovada sem contratempos.

Preparação da proposta

Certifique-se de que todos os documentos estão organizados e completos. Verifique se todos os formulários exigidos pela instituição financeira foram preenchidos corretamente. Qualquer informação faltante ou incorreta pode atrasar o processo.

Envio da proposta

Você pode enviar a proposta de financiamento de diferentes maneiras, dependendo da instituição:

  • Presencialmente: Leve todos os documentos ao banco ou instituição financeira e entregue pessoalmente.
  • Online: Muitas instituições financeiras permitem o envio de propostas pelo site ou aplicativo. Digitalize todos os documentos e faça o upload conforme as instruções fornecidas.
  • Correio: Algumas instituições ainda aceitam propostas enviadas pelo correio. Verifique se todos os documentos estão devidamente copiados e assinados, e envie para o endereço indicado.

Acompanhamento do processo

Após enviar a proposta, acompanhe o processo regularmente. Mantenha contato com o gerente ou representante da instituição financeira para obter atualizações sobre o status da sua solicitação. Isso ajuda a resolver rapidamente qualquer pendência ou solicitação adicional de documentos.

Dicas para aumentar as chances de aprovação

  1. Seja preciso: Forneça informações precisas e completas. Qualquer discrepância pode resultar em atrasos ou rejeição da proposta.
  2. Mantenha um bom histórico: Um bom histórico financeiro e um score de crédito alto aumentam suas chances de aprovação.
  3. Esteja disponível: Mantenha-se disponível para responder rapidamente a qualquer solicitação de informações adicionais da instituição financeira.

Enviar a proposta de financiamento de forma organizada e acompanhar o processo de perto são passos importantes para garantir que sua solicitação seja aprovada rapidamente e sem problemas.

9. Análise e aprovação do crédito

Depois de enviar a proposta de financiamento, a instituição financeira iniciará o processo de análise de crédito. Esta etapa é crucial para determinar se você está qualificado para receber o financiamento e em quais condições.

Processo de análise de crédito

A análise de crédito envolve uma avaliação detalhada da sua capacidade financeira e do imóvel que você deseja comprar. A instituição financeira verificará diversos aspectos:

  • Histórico de Crédito: Seu score de crédito e histórico de pagamentos serão analisados para avaliar seu comportamento financeiro.
  • Renda e Capacidade de Pagamento: A instituição verificará sua renda mensal e suas despesas para determinar se você tem capacidade de arcar com as prestações do financiamento.
  • Documentação: Todos os documentos fornecidos serão revisados para garantir que estão completos e corretos.

Avaliação do imóvel

Além da análise do seu perfil financeiro, a instituição financeira também avaliará o imóvel que você pretende comprar. Isso inclui:

  • Valor de Mercado: Uma avaliação do valor de mercado do imóvel será realizada para garantir que o financiamento solicitado está de acordo com o valor do bem.
  • Condições do Imóvel: A instituição verificará se o imóvel está em boas condições e se atende às normas e regulamentos locais.

Tempo de análise

O tempo de análise pode variar dependendo da instituição financeira e da complexidade do seu perfil e do imóvel. Normalmente, esse processo pode levar de alguns dias a algumas semanas.

Aprovação do crédito

Se a sua análise de crédito for bem-sucedida, a instituição financeira aprovará o financiamento e você receberá uma carta de crédito com os detalhes do financiamento aprovado, incluindo o valor, a taxa de juros, o prazo de pagamento e outras condições.

Dicas para facilitar a análise de crédito

  1. Seja transparente: Forneça todas as informações solicitadas de maneira clara e precisa.
  2. Mantenha um bom score de crédito: Cuide do seu histórico financeiro para manter um score de crédito alto.
  3. Organize sua documentação: Certifique-se de que toda a documentação está completa e atualizada para evitar atrasos na análise.

Entender o processo de análise de crédito e estar preparado para ele pode aumentar suas chances de aprovação e facilitar a obtenção do financiamento imobiliário.

10. Assinatura do contrato e registro do imóvel

Após a aprovação do crédito, chega o momento de formalizar o financiamento e garantir a propriedade do imóvel. Esta etapa envolve a assinatura do contrato de financiamento e o registro do imóvel em cartório.

Assinatura do contrato de financiamento

Leia atentamente todas as cláusulas do contrato de financiamento. Verifique as condições acordadas, como taxa de juros, prazo de pagamento e valor das parcelas.

Assine o contrato de financiamento na presença de um representante da instituição financeira. Em alguns casos, pode ser necessário o reconhecimento de firma em cartório.

A instituição financeira pode solicitar documentos adicionais na hora da assinatura, como seguros ou garantias.

Registro do imóvel em cartório

  • Escritura Pública: A escritura pública é um documento que formaliza a compra do imóvel. Ela deve ser lavrada em um Tabelionato de Notas.
  • Registro de Imóveis: Após a lavratura da escritura, você deve registrá-la no Cartório de Registro de Imóveis da região onde o imóvel está localizado. O registro é essencial para transferir oficialmente a propriedade do imóvel para o seu nome.

Pagamento de taxas e impostos

  • ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis): O ITBI é um imposto municipal que deve ser pago para que a transferência de propriedade seja registrada. O valor varia de acordo com a legislação de cada município.
  • Taxas de Cartório: Incluem taxas para a lavratura da escritura pública e para o registro do imóvel. Esses valores também variam conforme a localidade.

Dicas para uma conclusão suave do processo

  1. Organize os pagamentos: Prepare-se financeiramente para pagar as taxas de cartório e o ITBI. Esses custos são geralmente pagos à vista.
  2. Revise a documentação: Certifique-se de que toda a documentação necessária está completa e correta antes de ir ao cartório.
  3. Mantenha contato: Esteja em contato com o seu corretor e o representante da instituição financeira para resolver rapidamente qualquer pendência.

Assinar o contrato de financiamento e registrar o imóvel são os passos finais para concluir a compra do seu imóvel. Esses procedimentos garantem que você tenha a posse legal do imóvel e que todas as condições do financiamento estejam formalmente acordadas.

11. Planejando o pagamento das prestações

Uma vez assinado o contrato e registrado o imóvel, é essencial planejar cuidadosamente o pagamento das prestações do financiamento para evitar problemas financeiros futuros.

Organizando o orçamento

Faça uma revisão detalhada do seu orçamento familiar, considerando todas as suas fontes de renda e despesas fixas.

Reserve uma parte do seu orçamento mensal para o pagamento das prestações do financiamento. Idealmente, essa reserva deve ser priorizada em relação a outras despesas.

Criando uma reserva de emergência

Mantenha um fundo de emergência equivalente a pelo menos três a seis meses das prestações do financiamento. Isso ajudará a cobrir os pagamentos em caso de imprevistos, como perda de renda ou despesas inesperadas.

Monitorando o pagamento das prestações

  • Débito automático: Configure o pagamento das prestações por débito automático para evitar atrasos e multas. Certifique-se de que há saldo suficiente na conta todos os meses.
  • Controle de pagamentos: Mantenha um registro dos pagamentos efetuados, incluindo datas e valores, para monitorar o saldo devedor e acompanhar o cumprimento do cronograma de pagamento.

Se o seu financiamento tiver uma taxa de juros variável, esteja atento aos reajustes periódicos que podem alterar o valor das prestações.

Periodicamente, revise seu orçamento para ajustar as alocações conforme necessário. Isso é especialmente importante em caso de mudanças na renda ou nas despesas.

Sempre que possível, faça pagamentos extras para amortizar o saldo devedor. Isso pode reduzir significativamente o montante total pago ao longo do financiamento e diminuir o prazo de pagamento.

Se houver uma melhora significativa na sua capacidade financeira, considere renegociar as condições do financiamento para obter melhores taxas ou prazos mais curtos.

Dicas para gerenciar os pagamentos

  1. Planejamento: Crie um planejamento financeiro detalhado e siga-o rigorosamente.
  2. Disciplina: Mantenha a disciplina nos pagamentos e evite atrasos que possam gerar multas e complicar sua situação financeira.
  3. Consultoria financeira: Considere buscar a orientação de um consultor financeiro para otimizar a gestão do seu financiamento.

Planejar o pagamento das prestações de forma organizada e disciplinada é fundamental para garantir a estabilidade financeira e evitar problemas futuros. Com um bom planejamento e controle, você poderá quitar seu financiamento de forma tranquila e segura.

Precisa de Crédito para financiar o seu imóvel?

A Creditas tem a solução para você realizar seus objetivos. Aqui você usa seu carro ou imóvel para ter crédito rápido e seguro com juros a partir de 1,09% ao mês +IPCA e até 240 meses para pagar.

House Icon

Veículo em garantia

De R$
5 mil a R$ 150 mil
Juros a partir de
1,49% ao mês

Simule

House Icon

Imóvel em garantia

De
R$ 50 mil a R$ 3 milhões
Juros a partir de
1,09% ao mês + IPCA

Simule

Financiar um imóvel pode parecer um processo complexo e desafiador, mas com a preparação adequada e a compreensão de cada etapa, é possível tornar essa jornada mais tranquila e segura.

Esperamos que este guia tenha fornecido uma visão clara e abrangente do processo de financiamento imobiliário. Para aprofundar seu conhecimento, recomendamos a leitura de materiais adicionais sobre planejamento financeiro, gestão de dívidas e mercado imobiliário. Manter-se informado é a chave para tomar decisões financeiras seguras e bem fundamentadas.

Com preparação e organização, você estará pronto para realizar o sonho da casa própria de maneira segura e sustentável. Boa sorte na sua jornada e sucesso na conquista do seu novo lar!

Tire suas dúvidas

Quais são os documentos necessários para financiar um imóvel?

Os documentos necessários geralmente incluem identidade, CPF, comprovante de estado civil, comprovantes de renda, extratos bancários, matrícula do imóvel, certidão negativa de débitos, habite-se e planta baixa. Consulte a instituição financeira para obter a lista completa.

Como melhorar meu score de crédito?

Para melhorar seu score de crédito, pague suas contas em dia, reduza o uso do limite do cartão de crédito, quite dívidas pendentes e evite solicitar crédito com frequência.

O que é o ITBI e quando devo pagá-lo?

O ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) é um imposto municipal pago para a transferência de propriedade de um imóvel. Ele deve ser pago antes do registro do imóvel em cartório.

Posso amortizar o financiamento antes do prazo?

Sim, a maioria das instituições financeiras permite amortizações extraordinárias. Isso pode reduzir o saldo devedor e o prazo total do financiamento.

O que fazer se eu não conseguir pagar uma prestação?

Se você não conseguir pagar uma prestação, entre em contato imediatamente com a instituição financeira para negociar uma solução. Algumas instituições oferecem opções como pausa temporária de pagamentos ou renegociação das condições do financiamento.

Newsletter

Exponencial

Assine a newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Nome
E-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que concordo com a Política de privacidade da Creditas.

Publicações recentes

Me explica Creditas

Como conseguir emprestimo negativado? Aprenda aqui!