Revolucionando o empréstimo no Brasil
Creditas
Creditas
Thiago Nigro

Thiago Nigro

Conheça meus 11 princípios e aprenda ainvestir e a empreender

Escrito por Thiago Nigro em 03/02/2020 | Atualizado em 03/02/2020

  • 0 Likes

Na realidade, te convido pra algo ainda melhor: leia meus princípios, entenda, reflita, e crie os seus

Fala primos e primas! Tudo bem com vocês? Hoje, inicio um projeto muito interessante: em parceria com o Exponencial, farei uma mini-série de artigos sobre o Primo Rico, e sobre os princípios que regem a minha vida – tanto para investir, como para empreender.

E começo esse projeto com uma afirmação muito importante: todos nós precisamos de princípios.

Princípios que, independentemente de tempo e circunstância, permanecem como verdades absolutas. Princípios que são verdades que devem ser seguidas tanto na hora de investir e empreender, como também em qualquer área da sua vida.

Ter um princípio assim – que se mantém uma verdade absoluta –, pode soar impossível. Mas, a verdade é que talvez você já tenha princípios – só que falta você ter consciência deles.

Quando eu elaborei os meus, alguns deles eu já tinha praticado por toda minha vida. E o mais interessante é que, olhando pro meu passado, percebi que todas as vezes que eu infringi um desses princípios, eu acabei perdendo dinheiro também.

Por isso, descobrir os meus princípios foi revelador. Foi como se eu tivesse, finalmente, descoberto o mapa que leva ao tesouro escondido. O meu intuito com essa série de artigos, é justamente revelar a você quais princípios são esses.

É, em outras palavras, dar a você o mesmo mapa que eu encontrei, e que me levou ao sucesso.

Porém, aqui cabe um aviso: você não precisa seguir todos eles. Na realidade, te convido pra algo ainda melhor: leia meus princípios, entenda, reflita, e crie os seus.

Existem diversas formas de atingir a riqueza e o sucesso. Nada mais justo, então, que você, ao invés de copiar a fórmula de alguém, crie a sua própria fórmula a partir da sua experiência, certo?

Porém, antes de começarmos, acho que cabe aqui uma história muito importante:

Como eu descobri os meus princípios pra investir e empreender?

Ano passado, eu realizei uma viagem internacional com um grande amigo meu – Joel Moraes.

Ficamos um pouco mais de uma semana fora do país.

Durante essa viagem, em uma das nossas conversas, ele me apresentou ao livro “Princípios”, da figura que é conhecida como “Steve Jobs dos investimentos”: Ray Dalio.

De início, o livro não me parecia nada interessante. Mas, ao descobrir que o mesmo Ray Dalio também era fundador do maior fundo hedge do mundo, eu resolvi dar uma “olhadinha” para ver o que esse livro poderia me trazer de especial.

Hoje, considero esse livro um dos melhores livros que eu já li. Ele é praticamente um grande manual de vida, com conceitos muito relevantes para qualquer um, independente de profissão.

A partir desse livro, Ray Dalio apresenta todos os princípios que regem a vida dele, tanto nos investimentos, como também na sua vida pessoal.

E, foi a partir desses princípios, que eu refleti e elaborei os meus. O processo de elaboração foi como um “backtest”, ou seja: procurei no meu passado o meu racional por trás de todas as minhas grandes decisões, e procurei por todas as vezes que esse racional se repetia, procurando ver se em alguma vez algum desses racionais falhou. (tive também a ajuda do Joel para elaborar esses princípios).

Ao final de todo esse processo, obtive 11 princípios.

11 princípios que, tanto na hora de investir como na hora de empreender, me ajudavam a obter resultados positivos.

São eles:

1)      Comece agora, pense grande; seja escalável

2)      Administre riscos, exceto aqueles que podem te tirar do jogo.

3)      Não compre preço, compre valor

4)      Biografia pode não ser destino

5)      Não busque conselhos, busque conhecimento

6)      Ruídos são diferentes de sinais

7)      Humildade Intelectual (mindset de crescimento)

8)  Só invista no que você conhece e sabe explicar

9)      Fuja do viés da confirmação

10)   Ganância, medo e impaciência geram prejuízo

11)   Skin in the Game

Alguns podem parecer óbvios, mas quando você entender profundamente o que eu quero dizer com cada um deles, você vai perceber que mesmo alguns realmente sendo óbvios, são poucas as pessoas que entendem e aplicam esses princípios 100% das vezes.

Não irei explicar sobre todos eles neste artigo. Na realidade, isso irá acontecer nos próximos artigos dessa série de princípios para investir e empreender.

Porém, como uma “prévia” do que vem por aí, irei aprofundar o primeiro princípio:

1) Comece agora

Esse princípio é a junção de três conclusões muito importantes, e que juntas, transformam qualquer negócio.

Se tem uma coisa que eu aprendi vivendo, seja no ramo dos mercados financeiros, ou em qualquer outro ramo de atuação, é que nós sempre nos arrependemos de não ter começado antes.

Sempre fica aquele “arrependimento” pelas coisas que não fizemos. E, daqui a 10 anos, teremos o mesmo arrependimento – mas de coisas que não começamos hoje.

Mas, para não ficar superficial, vamos a um exemplo. Vamos imaginar dois investidores: Maria e João.

Maria, com 18 anos, investiu R$2.000,00 em uma aplicação de 10% ao ano, e, até os seus 26 anos, investiu R$100 nessa mesma aplicação. Depois disso, não investiu mais nada até os 65 anos.

Já João, com 18 anos, também investiu R$2.000,00 na mesma aplicação, e até os seus 26 anos, não investiu mais nada. Depois disso, dos seus 26 aos 65 anos, João investiu mensalmente R$100 na aplicação.

Maria investiu mensalmente durante 8 anos, depois deixou apenas os juros agirem durante os 39 anos seguintes até os 65. João fez o contrário: deixou apenas os juros agirem durante 8 anos, e investiu R$100 mensalmente durante os 39 anos seguintes.

Quem terminou com mais dinheiro?

Se você respondeu João, parabéns! Você errou.

Ao final do investimento, Maria terminou com um patrimônio de R$766.461,17, enquanto que João terminou com um patrimônio de R$679.832,03.

E o motivo é simples: Maria começou a aportar mensalmente antes de João. E isso fez diferença.

Quer saber os próximos passos? Não deixe de acompanhar os novos artigos para a coluna Opinião, do Exponencial. 

Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010